segunda-feira, dezembro 10, 2012

Como se chama a um vendedor de panelas? Relvas?


Na Assembleia da Republica foi aprovado a extinção de mais de mil freguesias, enquanto ao mesmo tempo se criam mais uns tachos de coordenadores locais ou regionais, não eleitos mas sim nomeados e a ganhar uns milhares de euros por mês. Uns tachos para agradar aos boys das concelhias e mais uma machadada na democracia. Não se deviam acabar com freguesias, o que se deviam era criar mais garantindo que nenhuma tinha mais de cinco mil habitantes e assim que nenhum membro da junta era remunerado. Assim se garantia que quem concorresse para esses cargos o fazia por cidadania e serviço público e que os cidadãos ficariam com alguém que conheciam e que os poderia atender para ouvir as suas opiniões e problemas. Aproximar os eleitos dos eleitores devia ser o caminho não o contrário, como está a ser feito, em que os eleitos nem conhecem os eleitores e os eleitores vão ver chegar gentes dos partidos, muitos vindos de bem longe, para ocuparem os lugares e os tachos administrativos agora criados.
Este Miguel Relvas é o personagem mais sinistro deste governo, é o homem que cala jornalistas, saneia outros, vai vender a RTP a amigos, anda metidos em segredos das secretas e paga favores feitos ao partido com tachos para boys. Primeiros foram os amigos importantes, em cargos de Administração bem pagos, como na EDP, CGD e outras, depois lugares de assessores e consultores pelos Ministérios e empresas públicas e agora há que satisfazer os boys locais com tachos administrativos bem remunerados. Pelo menos bom pagador de favores este governo é. Ao pé deste Relvas até o aldrabão do Sócrates parece um anjinho.

10 comentários:

  1. Então não é que agora o gajo tem um gabinete na AR especializado em controlar aquilo que os blogues portugueses publicam!?! Malandro! Pilantra!! Velhaco!!!

    ResponderEliminar
  2. ESTO PLENO DE ACORDO VIVA SALAZARE 90% DOS PORTUGAS SAO BOAS PESSOAS MAS MUITO IGNORANTES 10% SOFRE COM A IGNORANSIA DOS DOENTES DO VOTO

    ResponderEliminar
  3. Leiam o "O ÚLTIMO ACTO EM LISBOA" de Robert Wilson. Naquele tempo éramos uns vendidos mas éramos ricos!!! Agora somos instruídos mas pobres!!!

    Volfrâmio (ouro negro), tínhamos um Banco de Portugal sobre-lotado de barras de ouro, se calhar já o roubaram todo!!! Estes merdas que nos governam são uns péssimos aprendizes de Salazar, da doutrina Salazarista!!! RUA CHULOS!!!

    ResponderEliminar
  4. O Salazar tinha o banco cheio de ouro pq vinha das colónias...as colónias é q enriqueciam,e sustentavam o país,não era pq o Salazar fosse bom gestor ou economista!

    já agora à pergunta feita pelo kaos:Como se chama um vendedor de panelas?Na minha terra sempre foi um paneleiro!

    ResponderEliminar
  5. PATRIOTA JUNTA-TE AO RELVAS E AO LARANJAL E VÃO TODOS TER COM O SALAZAR

    ResponderEliminar
  6. E não se podia extingui-lo a ele?! Ao vendedor dos tachos e de panelas...

    ResponderEliminar
  7. A ele e aos salazaristas que para aqui vêm gritar. Gente reles

    ResponderEliminar
  8. A esse pseudo "patriota":
    Ó homem você deve ser lunático ou esquizofrénico!Então você anda pr´ai a gritar "viva salazar,viva salazar",então não ve q ele já morreu!?! Está morto! Como quer q ele viva?!Nem o outro ressuscitou,ia agora o salazar ressuscitar?!?!Ó homem trate-se!

    ResponderEliminar
  9. É preciso internar muita gente por insanidade!
    O "sotor" relvas seria o primeiro, depois o passos, o gaspar e por aí fora até que toda a canalha desaparecesse!...

    ResponderEliminar
  10. Não seria apropriado chamar a um vendedor de panelas "paneleiro?"



















    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo