terça-feira, março 21, 2006

Quem diz que é pela rainha

Quem diz que é pela rainha
Nem precisa de mais nada
Embora seja ladrão
Pode roubar à vontade
Todos lhe apertam a mão
É homem de sociedade
.
Acima da pobre gente
Subiu quem tem bons padrinhos
De colarinhos gomados
Perfumando os ministérios
É dono dos homens sérios
Ninguém lhe vai aos costados

(José Afonso)

3 comentários:

  1. Como tão pouco muda em tanto tempo. Rainha ou Presidente, tudo igual

    ResponderEliminar
  2. Dª. Amélia é uma das fressureiras mais célebres de Portugal

    ResponderEliminar