sábado, maio 27, 2006

Taxas, quem as tem chama-lhes sua.

O PS apresentou um projecto-lei em que propõe o fim das taxas de aluguer dos contadores domésticos. Medida mais que justa, já que o contador nada mais é que um instrumento de medição do próprio serviço e pertencente à empresa e não ao consumidor.
Claro que as empresas atingidas por esta proposta já saíram a terreiro defendendo que esta lei não se aplica nos seus casos.
A EPAL, diz cobrar uma taxa de disponibilização da água, como se isso não estivesse já incluído no preço da própria água.
Já a EDP diz cobrar, não o aluguer do contador, mas uma taxa de potência contratada que garante ao consumidor a prestação de um serviço de prestação de electricidade de uma determinada potência. Não é esse o seu negócio, fornecer electricidade a quem a paga?
Ângelo Correia, presidente da Lusogás, considera ser esta uma medida grave para as empresas de gás, referindo que a taxa cobrada é um “termo fixo”, servindo o dinheiro cobrado, para fazer face aos investimentos da empresa e garantir ao cliente um limite mínimo de fornecimento de gás. Parece-me que com ou sem taxa é essa a razão da sua existência, ou estarei eu enganado?
Também a PT e outros empresas que disponibilizam telefones fixos ficam sem possibilidade de cobrar o famoso aluguer do telefone.
Não deveria o aluguer da já tristemente famosa “power-box” da TVcabo ser também ela isenta de pagamento, já que é pago o serviço? E os modem da Netcabo?
Esperemos que esta lei seja efectivamente aprovada e que, as “desculpas de mau perdedor” já apresentadas sejam ultrapassadas, e os consumidores possam efectivamente dela beneficiar. Para que isso aconteça são necessárias medidas que garantam que, os valores destas taxas não sejam diluídos no preço do próprio serviço.
.
Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

19 comentários:

  1. haja alguma coisa boa...a ser verdade:)

    o fim do cartelismo das farmácias também não está mal, não senhor...só é pena ter durado tanto tempo.
    agora, o preço que pagamos pelos serviços de que falas, é uma vergonha..eu, no lugar do sócrates, mandava os administradores dessas empresas fazer um estágio a Espanha, para aprenderem de que forma se presta um bom serviço a preços baixos...e já agora juntava os construtores civis, que te parece?


    beijos,bom fim de semana

    ResponderEliminar
  2. Cristina:
    Olá Bom dia.
    O meu medo nestas "boas medidas" é que as empresas encontram sempre uma forma de cobrar esse dinheiro de uma qualquer outra forma. Lembro-me que quando o Sócrates (no governo do Guterres) se meteu com as seguradoras obrigando-as a levar em linha de conta a desvalorização do automóvel logo eles inventaram uma nova taxa em que os carros com mais anos pagavam mais. Ficamos na mesma. Imaginação para nos sacar dinheiro não lhes falta.
    O ideal é mudarmos o nosso “litoral” para junto da fronteira com Espanha. Vamos todos viver para lá e usamos os serviços (e a gasolina) espanhola vivendo em Portugal.
    Passa um bom dia
    bjs

    ResponderEliminar
  3. Pois é amigo,
    o problema aqui é que quase sempre estas medidas são anunciadas como medidas de propaganda eleitoralista...o que quero dizer é que sempre se encontram formas de se contornar a lei...porque não há uma vontade séria de mudança. Vemos muito sempre do mesmo, não é??!!
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Amigo Kaos!
    Isto ainda vai dar muito que falar e vamos a ver se fica assim.
    Agora muito bem pensada é a questão que levantas sobre outras taxas. Pois é... e essas... são para ficar?
    Não serão estas, também taxas abusivas?

    Um abraço

    ResponderEliminar
  5. Amigo Kaos,

    Também tenho esse medo de que as emprtesas arranjem uma artimanha para compensar o fim dessa roubalheira das taxas de aluguer.

    Raios! Porque é que não nos lembrámos de criar uma petição sobre essas taxas? Por vezes habituamo-nos tanto ao chicote, que até esquecemos algumas chicotadas...

    Vamos a ver se nos livramos desses chulos! Se isto ficar na mesma, não nos podemos calar!

    abraço.

    ResponderEliminar
  6. PARABENS AO AMIGO KAOS!

    PARABENS AO AMIGO KAOS!

    PARABENS AO AMIGO KAOS!

    ResponderEliminar
  7. Obviamente... concordo! E já seguiu para o meu novo "Barómetro Socrático"!

    E muitos caóticos, Parabéns!!!

    ResponderEliminar
  8. tb:
    muitas vezes até há vontade, falta é força do estado para se impor ao grande capital.Vivemos numa época em que quem manda é o dinheiro.
    bjs

    ResponderEliminar
  9. piresf
    Talvez se nós passarmos a mensagem e todos fizermos força, quem sabe.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  10. Sá Morais:
    Para começar muito obrigado pelos parabens.
    Quanto ao resto teremos sempre a nossa voz para refilar...a o causas.
    um abraço

    ResponderEliminar
  11. Rui:
    Um muito obrigado para ti também.
    Qual é actualmente a pontuação. Vai positivo ou negativo?
    uma abraço

    ResponderEliminar
  12. Olha, taxas para que vos quero!!

    ResponderEliminar
  13. Ehehe! dá um salto ao meu blog!

    ResponderEliminar
  14. Alien:
    Para nada, mesmo para nada
    bjs

    ResponderEliminar
  15. sa morais:
    Já vou a caminho

    ResponderEliminar
  16. Parabens Kaos, ja vi que idéias não te vão faltando, eu ando mesmo é sem tempo.

    ResponderEliminar
  17. dae-su oh
    Obrigado, o tempo tmbem não é muito, mas lá me vou safando.
    um abraço

    ResponderEliminar
  18. Anónimo1/6/06 19:17

    Pois... A ver vamos ocmo diz o ceguinho!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo