terça-feira, novembro 21, 2006

O Herói oo Povo

Ontem à noite muitos portugueses viram, no programa Prós e Contras, Garcia Pereira ser o "justiceiro" que tantos desejavam. Num frente a frente com os representantes da Banca, falou, apontou o dedo e pôs a nu muito daquilo que, a todos nós nos revolta e contra o qual nos sentimos impotentes. A prepotência com que muitas vezes os banqueiros nos costumam brindar, desta vez não ficou sem resposta. O João Salgueiro, cedo meteu a viola no saco e deixou toda a defesa da honra da banca no vice-presidente do Millennium/Opus Dei, Filipe Pinhal. Defesa essa que passou sempre por se dizerem dentro da lei, sem se preocuparem com a moralidade e a decência daquilo que fazem. Até o próprio representante do governo, que como quase toda a gente evitou sempre ser frontal nas suas opiniões em desfavor da Banca, não pode acabar o programa sem, lamentar que a banca não se auto-regule mais e se esconda sempre por detrás de malabarismos legais. O único contra-ataque da banca contra Garcia Pereira, foi feito quando o acusaram de estar a chamar burros aos portugueses afirmando que todas as condições dos empréstimos estão no contrato assinado pelos clientes. Demagogia pura, já que num país que tem das maiores taxas de iliteracia da EU, entender todo aquele arrazoado de palavrões técnicos, números e referencias a leis e regulamentos, é quase impossível para a maioria da população. Garcia Pereira não nos chamou de burros, mas sim de vítimas de um sistema que usa e abusa de expedientes para nos enganar.

Contribuição para o Echelon: Kwajalein, LHI

24 comentários:

  1. Infelizmente não vi o debate... Confesso que ando com pouca paciência para debates estéreis, como estes... mas de facto nunca será demais alertar a população para aquilo que a Banca tem feito com o nosso dinheiro, e neste contexto, foi uma feliz escolha de tema.

    Salgueiro começa a ficar demasiado "queimado" e não me espantaria se fosse substituído num futuro muito próximo por alguém mais moderador...

    ResponderEliminar
  2. Não vi o debate, mas agora até fico com uam certa pena de n o ter visto, só pelo gozo que deveria ter dado.
    Estou como o Rui, tb acho que o senhor todo-poderoso deve ter os dias contados naquele lugar.
    Mas ele n se importa que vai para um equivalente ou melhor. É o que é hábito. Premeiam-se as asneiras...
    jinhos

    ResponderEliminar
  3. Eu vi, e não sendo um particular apreciador do Garcia Pereira, em diversos momentos mereceu as minhas palmas e, pena tive, que fosse o único a combater os banqueiros presentes.

    Grande abraço.

    PS: Apropriada montagem. Neste caso foi um Zorro.

    ResponderEliminar
  4. sem dúvida ema belíssima contribuição de garcia pereira! (presumo que tão cedo não o deixam voltar à tv, a exemplo do que fizeram para o impedir de participar nos debates para a eleição do pr...
    em contraste com miserável prestação dos oponentes....

    uma nota: programas destes não deviam ser transmitidos fora de horas...

    ResponderEliminar
  5. Não vi!! Vieram uns amigos cá a casa e pensei que ia ser mais um daqueles prós e prós, mas parece que me enganei... Agora estou com pena de não ter visto. Ao menos que haja alguém com coragem para chamar as coisas pelos nomes e pegar no boi(banca) pelos cornos. O Garcia Pereira acaba de subir na minha consideração.
    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  6. os bancos são como aquelas larvas qe se alimentam dos cadaveres. nao sou apreciadora do pererira, mas se ele os desancou, está correcto.

    ResponderEliminar
  7. Rui:
    Eu também já me esqueço de ver estas coisas muitas vezes, mas este valeu a pena para ver os banqueiros siar um bocado.
    abraço

    ResponderEliminar
  8. tb:
    Aquilo são todos iguais pelo que sair um e entrar outro pouco vai mudar. Aquela gente só vê numeros à frente. Já te agradeci pelo dia de Sábado?
    bjs

    ResponderEliminar
  9. pires:
    Tambem eu nunca fui muito MRPP e por isso o Garcia Pereira nunca foi alguém de quem gostasse muito. Mas é bom para debater com esta gente porque é directo e não faz florzinhas.
    abraço

    ResponderEliminar
  10. luikki:
    Mesmo que agora esteja 10 anos sem lá por os pés a verdade é que prestou um bom serviço a todos nós.
    abraço

    ResponderEliminar
  11. Outsider:
    Tu passas a vida em festa :)
    O Garcia Pereira é um optimo advogado de trabalho e tem a vantagem que não tem medo de falar. Este programa valeu a pena só para ver a banca a suar um pouco.
    abraço

    ResponderEliminar
  12. É de se lhe tirar o chapéu. A ele (Garcia Pereira) e a todos os que justamente se manifestam e alertam contra as injustiças e arbitrariedades praticadas pela grande maioria das instituições bancárias nacionais.
    Abraço e obrigado pelo post.

    ResponderEliminar
  13. andrea:
    Também eu não sou um grande apreciador do Garcia, mas gostei de o ver apertar com os sanguessugas
    bjs

    ResponderEliminar
  14. Corcunda:
    Não tens de agradecer pelo post. Se há quem não goste daquela gente sem respeito pelos clientes sou eu.
    abraço

    ResponderEliminar
  15. faço minhas as palavras que outros aqui deixaram: agora q li o q escreveste tenho pena de não ter visto o debate! O Garcia Pereira, para mim, é tão somente alguém que, não podendo ter acesso nenhum ao poder, tem a liberdade para dizer o que pensa e não só o q lhe convém. E para mim basta este programa político: dizer a verdade, nem q seja porque não há nada a perder com isso.
    bjs

    ResponderEliminar
  16. eu tive pena de não ver, mas ontem estava ligada no dia seguinte que tinha uma guerra muito curiosa.

    alem disso, hoje de certeza haveria ecos do programa.

    mas sendo como contas, deve ter sido interessante:)))

    bonecos *****

    bjuuuuuz

    adoro o de baixo...


    mais bjuuuzzz

    ResponderEliminar
  17. Kaos: vi o debate....o G.P. esteve o máximo: um só contra três e "amochou-os" a todos...disse grandes verdades....e os tipos só se refugiaram na lei ( ou melhor na omissão dela!) - esta banca portuguesa é um verdadeiro nojo!!!!

    ResponderEliminar
  18. Esteva:
    Não ter nada a perder e não ter medo de afrontar o poder. Sim, porque quem mand no pais é o poder economico. O poder politico só existe para dar a cara em nome da democracia e paga-se em taxos.
    bjs

    ResponderEliminar
  19. Cristina:
    Houve mais programa do que ecos como podes ver. O que ali foi dito não é noticia para os orgãos de informação pagos pela banca, ou seja...todos.
    bjs

    ResponderEliminar
  20. Cavaleiro:
    Esperemos que o representantr do governo que estava lá longe e que no fim se mostrou triste com a banca cumpra a sua parte e tape os buracos legais por onde a banaca foge
    abraço

    ResponderEliminar
  21. O Sr. Dr. Garcia Pereira falou bem e paga-se ainda melhor.

    E mais não digo.

    Classe dominante, todos eles.

    ResponderEliminar
  22. Diana:
    Isso eu sei. É o melhor advogado dde trabalho que está na praça, mas também cobra honorários carissimos. Independentemente disso fez um belo trabalho com os Senhores da banca.
    bjs

    ResponderEliminar
  23. Podem ver o programa na RTP, está no espaço multimédia em formato real player, ou windows media player.

    ResponderEliminar