segunda-feira, dezembro 18, 2006

Figurinhas do Circo de Natal

A Câmara do Porto anunciou a concessão da gestão do Teatro Rivoli por quatro anos, a partir de 1 de Maio de 2007, ao produtor e encenador Filipe La Féria.

Rui Rio é um mágico que já nos habituou a tirar coelhos de cultura da cartola. Desta vez foi um Filipe La Féria para tomar conta do Teatro Municipal da cidade. Pode acabar a cultura e a cidade ficar condenada a ter acesso só à charupada pága e institucional, mas vão poder ter “Musica no Coração” ou ouvir uma “Amália” com a pronuncia do Norte.
é triste ver uma bela cidade como é o Porto nas mãos de gente como esta.

Contributo para o Echelon: Electronic Surveillance, MI-17

29 comentários:

  1. a cultura na cidade há muito que acabou...graças às bestas que permitiram que o porto, em lugar de muralhas, fosse cercado por shoppings e hipermercados....
    daqui a pouco tempo vamos ter as pepineiras do féria na casa da música...
    abraço

    ResponderEliminar
  2. O problema é que o Lá Féria tem público, da mesma forma que as novelas o têm, enquanto, muito do teatro que se faz não tem.
    Isto não quer dizer que não tenha qualidade, simplesmente, quer dizer, que o público não gosta e esse tem sido e é um problema de cultura no nosso país.

    Abraço.

    ResponderEliminar
  3. não posso estar mais de acordo....

    com o post.!


    _______________

    agradeço sensibilizada o convite....

    embora o conto não seja exactamente a minha área...(vide o exemplo do ContodeNatal...:)))))).

    pelo menos na forma tradicional...

    posso faze-lo para o Ano?


    _____________

    abraço.


    e um natal "aconchegante".

    ResponderEliminar
  4. Parabéns ao Rui Rio.
    Ao menos correu com aqueles chulos que vivem ou melhor, viviam à conta do orçamento e que justificavam a sua chulice com peças de teatro(???) que ninguém via, a não ser os próprios!!!
    Parabéns novamente, Rui Rio.
    Força.
    Vão trabalhar, chulos de merda!!!

    ResponderEliminar
  5. Tenho pena de não conhecer outra maneira de comunicar contigo.
    Meti um boneco no PEDECABRA que acho que seria muito melhorado com a tua ajuda.Vê por favor.
    Um abraço

    ResponderEliminar
  6. este la Feria não é o mesmo La Feria que serzia daqueles que viviam da dependência do "Estado" gabando-se de nunca dele ter precisado?

    ResponderEliminar
  7. peço desculpa ao kaos mas gostaria de recomendar ao ilustre anónimo que se insurge contra os "chulos" e contra os subsídios que esses "chulos de merda" recebiam que vá ver os milhões que se gastaram/gastam numa programação de merda -para manter o nível da linguagem - na casa da música....

    ResponderEliminar
  8. luikki:
    Nós cá por Lisboa já estamnos habituados às La Ferrisses, mas felizmente ainda existe uma politica cultural minima que ainda nos vai deixando ter alguma arte alternativa.
    abraço

    ResponderEliminar
  9. piresf:
    É na educação do publico que se cria mais publico. Se só lhes for dado telenovelas e La ferisses isso só agravará a situação. Será mais importante "queimar" uns milhares de euros em artes ou em fogos de artificio que duram 5 minutos?
    abraço

    ResponderEliminar
  10. mendes Ferreira:
    Agradeço a visita e a simpatica resposta.
    Quanto ao conto penso que deve ter havido alguma confusão,(por eu ser colaborador desse blog), mas deverias contactar a Kaotica no http://opafuncio.blogspot.com. Essa minha amiga é que se tem dedicado a essa área. Eu é mais para a bonecada :)
    Um bom natal para ti
    bjs

    ResponderEliminar
  11. anonimo:
    De quando em vez aparecem por aqui uns anonimos como tu (são sempre anonimos pelo que imagino serem todos da mesmna familia), que reagem sempre com as merdas e os chulos quando o vernáculo não é pior. Tens todo o direito de ter a tua opinião, e gostares de ir ver a porcarias do Lá Feria, é o teu gosto e nada tenho a ver com isso. Podes ser contra o apoio à cultura, é um direito teu. Os termos em que o fazes é que já não é tão correcto, embora neste caso até te agradeça que o tenhas feitos. É que assim é possivel ver a diferença de cultura e de educação entre quem acredita na importancia da divulgação cultural e aqueles que só olham para as coisas por uma lógica economicista e só assistem a espectáculos do tipo revisteiro. A diferença de linguagem é disso prova.
    Fica bem

    ResponderEliminar
  12. aminhapele:
    Vou lá dar um salto para ver mal acabe aqui.
    abraço

    ResponderEliminar
  13. Rui:
    Claro que é e agora tem mais um teatro "oferecido" e ainda por cima com despesas de manutenção pagas. Como dizias o anonimo lá de cima isto é que é chulissse ao receber de dois lados. Camara e publico.
    abraço

    ResponderEliminar
  14. luikki:
    Claro que podes sempre responder a quem desejares. Estes anonimos são virus que por aqui passam mas que rápidamente desaparecem. Gente sem valor.
    abraço

    ResponderEliminar
  15. Pois é, mas são as xaropadas laferianas que hão-de encher o Rivoli e os cofres da empresa que o vai gerir...
    Dá-se ao povo o que o povo quer e o povo quer o que lhe ensinam a querer...é o eterno problemazinho da cultura deste jardim, não se plantam rosas , por isso, só se colhem cardos!

    Um abraço do sineiro

    ResponderEliminar
  16. Jorge:
    Uma explicação perfeita do problema da nossa cultura. Se não se pegar numa ponta nunca mais se chega a lado nenhum.
    abraço

    ResponderEliminar
  17. Gostava de saber desde quando La Féria é sinónimo de cultura?

    ResponderEliminar
  18. Dae:
    Desde que o Rui Rio assim o disse, claro.
    abraço

    ResponderEliminar
  19. Está na linha da cultura portuguesa, actual...
    bjs

    ResponderEliminar
  20. tb:
    Se tu o dizes eu acredito
    bjs

    ResponderEliminar
  21. Depois de termos o granito na Av. dos Aliados vamos ter agora um roto no Rivoli. Que bons que vão ser os magnificos espectáculos musicais que esse verme do La Feria produz. Podem ter a certeza que não vou lá por os pés. É triste e inadmissivel, para não dizer que foi um concurso corrupto, feito à medida para este senhor. Se o que querem é novelas e espectáculos destes tudo bem, não contem é comigo para público.
    Para usar um nível semelhante ao do anónimo, pois sou um bronco do Porto que devia gostar do La Féria e do Rio em vez dos chulos de merda, eu digo: Sr. Rui Rio, vá para a puta que o pariu!!!
    Um Abraço.

    ResponderEliminar
  22. Aplausos pelo post.

    http://sol.sapo.pt/blogs/sistermoonshine/default.aspx

    ResponderEliminar
  23. Mas para além das "laferisses", teremos já na passagem de ano, na Avenida dos Aliados, essa grande e carismática figura da cultura portuguesa, nem mais nem menos do que o Quim Barreiros que virá educar as gentes do Porto.
    Numa penada, o asolutista do Porto resolve dois problemas; uma racional aplicação dos impostos das pessoas e ao mesmo tempo promove ua sábia estratégia de desenvolvimento da cidade que ele traz há muito tempo na cabeça.
    Depois virá, provavelmente, o Zé Cabra, esse mesmo, o intelectual que cantou umas coisas talentosas e depois desapareceu do mapa.
    Mas não desesperem porque Rui Rio há-de recuperá-lo para a cultura portuguesa.
    Um grande talento este D. Miguel I dos tempos modernos!

    ResponderEliminar
  24. Outsider:
    Nós já temos disso cá por Lisboa, embora ainda trsistsm umas quantas casas onde se pode ver bons espectaculos e a cultura existe. Pena, que eu já tinha ido ao Rivoli e era um local simpático.
    abraço

    ResponderEliminar
  25. Henry pote:
    Gastam-se milhões em diversões baratas, como quim Barreiros fogos de artificio e palhaçadas destas enquanto a outra, a cultura alternativa é mandada para o lixo. Assim se controlam os pensamentos e se limita a liberdade
    abraço

    ResponderEliminar
  26. Caro Kaos
    Controlam o pensamento, cerceiam a liberdade e o que é mais grave; ganham os votos do Zé com tanto populismo e demagogia barata. É altura de dizer BASTA!
    O que nos vale é que ainda há gente com capacidade crítica. O que nos vale são os Kaos deste país que continuam remando contra a maré. Parabéns Kaos.
    Abraço

    ResponderEliminar
  27. Henry Pote:
    Obrigado pelas tuas palavras, mas não bastam os Kaos, também são necessáriso todos os Henry Pote que por ai andam porque só juntos podemos mudar alguma coisa. Este caminho por que vamos não nos vai levar a lado nenhum.
    abraço

    ResponderEliminar
  28. A eterna mente retrogada dos portugueses de facto é chocante... Em NY não ha Broadway??? Em Londres não há o West End?? Então porque é que nos não havemos de sonhar mais alto e termos também a nossa Broadway à portuguesa??? Se os portugueses gostam de teatro musical porque realmente os entretem, porque não ter também no Porto? E ninguém pode negar que os espectáculos do La Féria não são bons porque são. Para quem não sabe os espectáculos do La Féria têm sido consideradas as melhores produções mundiais de teatro musical pela revista "Times"! Isto não quererá dizer nada?? Mas os portugueses são assim: enquanto ninguém faz nada e o Rivoli não tem cartaz cultural ninguém diz nada também, se pelo contrário alguém se mexe cai-lhes tudo em cima. Não fazem nem deixam fazer...
    Para além disso há mais teatros no Porto onde as outras peças dos mais variados estilos possam ser apresentadas...Assim o Porto ficará mais parecido culturalmente com Lisboa onde há peças para todos os gostos e onde ninguém reclama. E sejamos todos francos, nesta altura do campeonato o Porto não está em condições de desperdiçar dinheiro no Rivoli, tem mesmo que o rentabilizar e nada melhor que os sucessos do La Féria. Parabéns sr. Rui Rio!

    ResponderEliminar