sexta-feira, agosto 17, 2007

A Barqueira

A Barca do purgatório

Contributo para o Echelon: 15kg, DUVDEVAN

11 comentários:

  1. só conheço a do inferno....

    ResponderEliminar
  2. Obrigado Kaos por esta magnífica talha dourada.

    Apesar de não fazer parte da história está bastante degradada e a necessitar de restauro urgente.

    Os maiores especialistas em restauro de Arte Sacra penso que se encontram em Braga.

    Saudações

    uGH

    ResponderEliminar
  3. (Reforço o meu apreço - bonecos do caneco!)

    Obrigado

    ResponderEliminar
  4. link curioso:

    http://nadasobreabarca.blogs.sapo.pt/2007/03/

    uGH

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. Se esta fosse a barqueira, estou em querer que no final da peça quem ficaria a jogar cartas no Inferno com o diabo não seria o batoteiro.

    ResponderEliminar
  7. "De pulo ou de voo?" - pergunta o tolo ao barqueiro.

    Temos sido obrigados a embarcar de pulo, de voo, de vendas nos olhos, de empurrão, com cantigas de ensandecer... e todos nós, simples mortais, postos a molho no porão.

    Quando é que esta cabeça de proa choca finalmente com o iceberg?

    ResponderEliminar
  8. Há imagens que substituem 1001 palavras e até pessoas. Tenho tendência a representar sentimentos via banda-sonora. Esta imagem é muito sugestiva e na realidade, tratando-se de arte, nada deve ser levado à letra ...
    bj

    ResponderEliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. sarcástico20/8/07 14:56

    A barqueira é realmente uma purga... há que expurgá-la, mas parece que ainda não foi inventado o medicamento para tal .

    ResponderEliminar