quinta-feira, agosto 30, 2007

Sai um cafézinho para a mesa do Sr. Secretário Adjunto

O secretário de Estado adjunto e da Educação, Jorge Pedreira foi lacónico na afirmação de que as famílias portuguesas terão condições para suportar um aumento de preços dos manuais escolares inferior a “três cafés”. “As editoras queriam aumentos bastante superiores, mas conseguimos um acordo que protege o interesse das famílias portuguesas”. Os livros do Ensino Básico vendidos para este ano lectivo têm um aumento de 3,1 por cento face aos do ano anterior, e no próximo ano terão lugar aumentos calculados à luz da taxa de inflação, acrescidos de três por cento para o primeiro ciclo e de 1,5 por cento para os segundos e terceiro ciclos.
In "Primeiro de Janeiro"

Tem razão, Sr. Secretário, nós podemos tomar menos três cafés por ano, até podemos comer menos três refeições, ou trinta ou trezentas. Nós podemos tudo, mas a minha pena é que sejamos sempre nós a ter de poder apertar ainda mais o cinto. Para o Sr., para a sua sinistra Ministra ou para o dito Engenheiro, isto não deve mexer mesmo nada no orçamento familiar. O que são três cafés por cada filho este ano ou seis no próximo ano ou mais seis ainda no seguinte. Até está a zelar pela nossa saúde. Provavelmente bebemos cafés a mais em Portugal e ainda vai sair um estudo que prova que isso nos está a fazer mal. Obrigadinho Sr. Secretário por mais este favor que nos está a fazer.
Agora vou pedir-lhe a si e à cambada que o acompanha na destruição do serviço público em Portugal um pequenino favor. O que realmente desejava é que fossem todos para o raio que os parta, mas como sei que isso não é possível enquanto este povo não compreender que isto só lá vai com uma nova revolução, agradecia que depois de tomarem medidas como esta e outras do género ao menos ficassem calados. É que já nos basta sofrer as consequências delas para depois ainda os termos de os ouvir a dizer baboseiras. Ao menos calem-se e deixem-nos viver com o mínimo de dignidade sem os ouvir chamarem-nos de parvos. É verdade que somos, senão há muito que já teríamos corrido convosco daqui para fora, mas não há necessidade de nos atirar isso à cara.
Como sei que o nosso Engenheiro de Vilar de Maçada gosta muita da Finlândia deixo aqui um extracto de um texto escrito pelo seu Embaixador em Lisboa, Sauli Feodorow.

Educação - um direito para todos
Um dos direitos fundamentais garantidos pelo Estado finlandês é o direito à formação básica gratuita. Para além da formação em si ser gratuita, os alunos têm à sua disposição os manuais escolares, que no fim do ano transitam na sua grande maioria, para os alunos mais novos, é servida pelo menos uma refeição quente por dia, assistência à saúde na escola e transporte gratuito, para as crianças que moram demasiado longe da escola para poderem deslocar-se a pé, ou utilizarem um transporte público. Os mais recentes resultados do estudo internacional de Pisa revelaram que o sistema finlandês colheu alguns frutos de sucesso. Razões encontradas para tal foram muitas; a força do sistema escolar finlandês está no garantir a igualdade de oportunidades de aprendizagem independentemente da classe social do aluno. Em vez de estabelecer uma comparação entre alunos, o foco reside em dar apoio aos alunos e orientar os alunos com necessidades especiais.

Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

9 comentários:

  1. sarcástico30/8/07 18:45

    Pergunta nº1- Quem tem governantes que se preocupem tanto como os nossos com os males que a cafeina causa nos seus supostos eleitores???É comovente!

    Pergunta nº2- O que tem sido feito neste interminável mandato para que tenhamos algo, por mínimo que seja, a ver com o modo como se vive na Finlândia???

    abraço

    ResponderEliminar
  2. o - muito bem - retratado esqueceu-se de que o ensino obrigatório é GRATUÍTO...ou devia ser...
    como na finlândia. onde tudo o que necessário para o ano escolar é fornecido gratuitamente...
    e os impostos não mais altos do que no rectângulo...
    abraço

    ResponderEliminar
  3. Eu desculpo essa gente porque não sabe finlandês ... e, essa coisa da Finlândia, deve ser noutro planeta.

    Eu já não acredito nesta gente ... nem que digam, jurem ... que se vão embora.

    ResponderEliminar
  4. Sarcastico:
    1º Só mesmo nós temos gente dessa
    2ª Feito nada, mas dito muito
    abraço

    ResponderEliminar
  5. luikki:
    Pois é, mas lá ainda há respeito pelos cidadãos, enquanto por cá só pelo dinheiro
    abraço

    ResponderEliminar
  6. excrentes:
    Eles vão acabar por ir todos para bons lugares fora daqui, mas antes têm de fazer o seu trabalhinho sujo. Basta ver por onde jás andam os anteriores
    abraço

    ResponderEliminar
  7. Car Kaos,
    Você tem uns bonecos fantásticos. Tão bons que, confesso, ainda não tinha lido com atenção os seus posts. Bom, era também um pouco de falta de tempo. Desde que me dediquei a escrever um blogue, durmo menos 2 a 3 horas por noite: como é que você consegue fazer isto tudo? Mas, desculpas à parte, finalmente li com atenção meia dúzia de posts. Bons textos, um pouco cáusticos em demasia (é a minha opinião). Ora, não é justo: quem mexe no photosop (é com o photoshop, não é) como você) não precisava de escrever tão correctamente ;). E não é só a qualidade, mas também a quantidade. Parabéns. Vou juntá-lo aos meus links. Estou certo que vai receber brevemente um prémio.
    Saudações bloguísticas.
    JP

    Post scriptum: Ainda o desafio para fazer-mos um livro de banda desenhada!

    ResponderEliminar
  8. Correcções:
    Caro Kaos...
    ...para fazermos um livro...
    ...mexe no photoshop...

    ResponderEliminar
  9. I've been trying to uninstall "Symantec AntiVirus" from my computer because it is expired and I want to install a new Anti-Virus program. The new program won't let me install it because I have to remove the old one. When I try to remove it, a "failed program" message comes up. Can anyone help please!!! I have an HP Windows XP. [url=http://gordoarsnaui.com]santoramaa[/url]

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo