quinta-feira, setembro 27, 2007

Indios Alaranjados

Luís Filipe Menezes voltou ontem a denunciar de irregularidades nos cadernos eleitorais das eleições directas no PSD, sugerindo que há militantes que devem ser "índios da Amazónia".
É o chamado "escândalo da emigração". "Em 24 horas, passam de 80 para 1200 militantes com as quotas pagas. Uma recôndita cidade da Amazónia (Maringá) de que nunca ninguém ouviu falar tem 200 militantes do PSD. Devem ser os índios ianomani, com certeza", declarou, citado pela Lusa.
In “Publico”

A vergonha destas eleições no PSD soma e segue. Agora, já não e trata só de simples insultos, mas atingiu o ponto de se considerar que há trafulhices e desonestidade. É a própria ideia de democracia que é colocada em questão e, quem quer que seja que ganhe as eleições ficará sempre com o estigma da aldrabice. Voltou-se ao tempo em que os mortos votavam e os vivos proibidos retirados dos cadernos eleitorais.
Não sei se existem 200 militantes do PSD em Maringá com as quotas pagas a tempo e horas por desejarem participar activamente na vida do partido. Se por cá o interesse é pouco muitas dúvidas ficam de que seja lá para a amazónia que esteja o empenhamento partidário. Mas, o Luis Filipe Menezes também demonstra não ser gente de confiança e de falar sem saber o que diz. Maringá não é uma pequena aldeia de Índios, mas uma moderna cidade e a terceira maior, em população do estado do Paraná. Em 2005 tinha mais de meio milhão de habitantes com grande incidência de imigrantes. (Saiba mais sobre Maringá AQUI).
Olhando para tudo isto não podemos deixar de constatar a baixeza e a pequenez politica a que este país chegou. Isto demonstra bem o estado da nossa democracia e a qualidade dos nossos políticos.

Contributo para o Echelon: spies, IWO, eavesdropping

13 comentários:

  1. os seus "bonecos" continuam fabulosos.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. sarcástico27/9/07 17:33

    Excelente post, kaos!
    1- Desde quando a verdadeira cultura e a política andam de mãos dadas? Parece-me que nunca vimos tal;
    2- Ainda bem qe Maringá não é um pequeno vilarejo, pois os índios já têm sido suficientemente castigados...
    3- Nestas lutazinhas vis pelo poder,vale tudo! É o que podemos concluir.
    Abraço

    ResponderEliminar
  3. henry pote27/9/07 18:42

    Enquanto o sr. mourinho arruma as malas para passar férias tranquilamente com a família, pode ler-se na edição on-line do JN de hoje:

    "No âmbito do processo de reestruturação da empresa, a Maconde despediu 53 trabalhadores no âmbito do processo de reestruturação da empresa, e mais cinco a sete funcionários deverão ter o mesmo destino".

    Que merda de país é este?

    ResponderEliminar
  4. Excelente, como sempre!
    Tanto que temos que varrer....será que temos vassoura que chegue?
    jinhos

    ResponderEliminar
  5. Nada do que está a acontecer me faz mudar de opinião acerca destes senhores. E só uma pergunta?
    - O Sócrates foi eleito "o do PS" com mais democracia? O que o Jorge fez ao Ferro foi inocente?
    O congresso PSD só devia ser transmitido na televisão por cabo!
    Claro que eu não tenho...

    ResponderEliminar
  6. Olha quem eles são. Eu chamo-lhes carneiros alaranjados.
    Abraço do Corcunda.

    ResponderEliminar
  7. Dilema eleitoral: tupi or not tupi PSD.

    Bjos

    ResponderEliminar
  8. A melhor arma continua a ser o riso, e o Kaos caiu num dos caldeirões de Astérix em pequenino. Não há direito! Que injustiça!
    Gostei muito também da nova série em flash da Sinistra Ministra.

    Quanto ao Circo Político curiosa a viragem para o Reality Show, para a Grande Desforra de Porteiras que tomaram estas eleições do PSD com a Roupa Sujíssima lavada à nossa frente. (sem que pedíssemos)

    Um psicodrama teledrama, com tom de morangos com glicose amarga e política. As eleições menos políticas de sempre, mas com com aquele elemento mourinho de abrelata em punho, cára má, atitude de julgamento e pronunciamento.

    De facto que fazer com gente desta?
    Refundar partidos jºa não dá.

    Só vejo uma hipótese, criar partidos novos de raíz, porque estes todos, sem excepão, estão podres, acomodados e cheios de mediocridade até aos cabelos.

    Um centrão imenso, cinzento e ensosso. Há que correr com todos eles!

    Um abraço,

    Miguel

    ResponderEliminar
  9. Há que correr com todos eles e sem demora. Basta de cretinos!!!

    ResponderEliminar
  10. isto é tudo um mimo. indios s votar, outros que nao votam se nao pagarem, outros que pagam por muitos mas que nao votam por esses ( digo eu que ja duvido de tudo), um que vai para tribunal e impugna as eleiçoes. depois ja nao o faz porque sao uma familia, e a dra Ferreira Leite no meio disto tudo. LINDO, UNS ARTISTAS PORTUGUESES. SO FALA CANTAREM O HINO COM FIRMEZA

    ResponderEliminar
  11. Esta aqui também está muito engraçada :D

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo