segunda-feira, novembro 26, 2007

Era só o que faltava

Mentiras Socretinas
O Timor e Durao

"Ramos-Horta, presidente da República de Timor-Leste anunciou que vai propor José Manuel Durão Barroso e a União Europeia (UE) para o Prémio Nobel da Paz de 2008."

Se não fosse tão triste até me podia rir desta proposta do Ramos-Horta. Como é possível, que alguém que tem nas suas mãos muito do sangue e da responsabilidade de milhares de mortes, que ainda hoje acontecem no Iraque, possa ser proposto para tal prémio. Depois desta só me falta ver o Bush de Nobel da Paz ao peito.

Contributo para o Echelon: Electronic Surveillance, MI-17

6 comentários:

  1. Birds of a feather flock together:))

    Ou seja as comadres encontram-se. E os prémios Nobel são atestados de senilidade - De resto,faz sentido. Nobel inventou a dinamite. Há que premiar quem a continue a usar.

    Além disso RH precisa de apoios. Esta barrinha de manteiga que passou ao Durão não lhe dará o Nobel, mas trar-lhe-á simpatias do MRPP. Enfim, do ex-MRPP.

    ResponderEliminar
  2. nobel ístico26/11/07 11:58

    Mera troca de galhardetes?
    Ai, ai.., ai, ai! Estes mecos sabem-na toda...

    ResponderEliminar
  3. ohhhh... que bonitinho! Ramos-Horta, Durão Barroso, Al Gore, todos formiguinhas obreiras a trabalhar em prol da Paz! pois! Batemos no fundo!

    ResponderEliminar
  4. Até agora, o mais extraordinário não terá sido darem o prémio Nobel da paz ao Arafat?

    ResponderEliminar
  5. MAU GOSTO, FALTA DE TACTO POLÍTICO OU ESTÁ A PÔR-SE A JEITO DE CRAVAR ALGO À UE ...

    ZENDO_55

    ResponderEliminar
  6. Extraordinários bonecos.
    Deveriam sr enviados para Bruxelas.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo