terça-feira, novembro 27, 2007

A Morte do Super-Silva

A Morte do Super cavaco

Ai está a morte anunciada do Super-homem português. Aquele que nunca se engana e raramente tem duvidas, confessou há alguns dias que a globalização, que ele tanto defendeu, é a responsável pelo desemprego e por muitas das dificuldades porque passamos, para nos vir agora dizer que não tem resposta para os problemas do distrito da Guarda. Enganou-se quando defendeu a globalização como solução para todos os males e tem dúvidas de como solucionar os problemas do interior do país. A ideia de que a competitividade tudo resolve, cai por terra quando se chega a zonas onde as condições para essa competitividade são diminutas. Mandar olhar para a fronteira, não como um obstáculo, mas como uma oportunidade, é confessar a incapacidade de resolver o problema deste lado, com os nossos recursos e ideias.
O Sr. Silva, que tanto prometeu na sua campanha eleitoral, que ia fazer tudo e mais alguma coisa, embora todos soubéssemos que isso seria impossível pois essa não são as competências de um Presidente da República, usa o ultimo argumento, a fuga do desesperados, para responder às populações; o turismo. Quando vejo os nossos governantes recorrerem à solução turismo como panaceia para resolver os problemas imagino logo que não têm solução nenhuma. Quando eles acabam por o confessar é sinal de que atingimos o fim da linha. Assim morre o mito do Super-Cavaco, não só pela falência daquilo que defendia, mas sobretudo porque não se mostra capaz de procurar novos caminhos. Será que é porque esses caminhos são exactamente o oposto daquilo que sempre defendeu?

Contribuição para o Echelon: NATOA, sneakers, UXO

2 comentários:

  1. Concordo plenamente. E digo mais: aquilo que o Sr. Silva insiste em chamar "globalização" é, nada mais, nada menos, que um "capitalismo selvagem", exercido também pelo nosso Governo, que tem consequências desastrosas para as pessoas. Diria até que o discurso do PR assume as verdadeiras contradições do capitalismo. É por isso que Portugal tem de mudar de mãos.

    ResponderEliminar
  2. Afinal o Boli-Rei-Queime engana-se

    e para agravar mais a situação da

    Tugalandia, tem duvidas!

    Óbviamente demito-o.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo