domingo, abril 26, 2009

Mudar é urgente

Os dias do fim

Na ressaca do 25 de Abril, mas na realidade de um Portugal em queda livre, a urgência de mudar para travar um fim que se aproxima rapidamente, há que mudar a forma como gerem este país e a passividade com que assistimos a tudo isto. Não há inevitabilidades, nem destinos traçados. Não nos resta só esperar bovinamente que nos conduzam ao cadafalso. Temos de mudar o sistema, a nossa forma de vida. Voltar a viver para as pessoas e não para o consumo, para o “ter”. Vamos voltar a ser pessoas numa sociedade mais solidária e mais empenhada em ser feliz. Vamos dar uma nova oportunidade à alegria de viver.

9 comentários:

  1. Urgente não leva acento.
    Nem com o acordo ortográfico.

    ResponderEliminar
  2. Se calhar para este ilustre anónimo
    é mais importante o acento do que a urgência da mudança.

    Bjs

    ResponderEliminar
  3. Contra a canalha

    marchar

    de cravo ao peito

    ResponderEliminar
  4. Ó Anónimo

    Escreva Socrates ou Sócrates e veja a diferença. Achas que melhorou?

    Preocupe-se com a forma e não com o conteúdo e vai ver o estado a que este País vai chegar!

    ResponderEliminar
  5. piçad'aço26/4/09 21:06

    Venham essas propostas!!

    ResponderEliminar
  6. Este anónimo deve ser um acentuado do caralho, deixa-te dessas merdas e comenta algo de jeito.

    Bem, quanto ao post, que bom que era os dias serem todos assim, rostos alegres, gente feliz e liberdade a rodos. Que bom que era....

    Abraço

    ResponderEliminar
  7. Todos sabemos que a situação no país não está boa, e só nos apetece criticar o Sr. Engº e C.ª, mas isso tambem não nos leva a lado nenhum, sempre a dizer mal. Penso que se todos tivessem mais pensamentos positivos, e se nos esforçarmos por resolver alguns problemas que estejam ao nosso alcançe, seria bom. Pois um pouco de ajuda de cada um individualmente,acabará por ter resultados positivos para todos.

    Um abraço

    ResponderEliminar
  8. Zé Leitão26/4/09 23:57

    Estou contigo Vera

    ResponderEliminar
  9. O tema oportuno do post e o desatino de alguns comentários, será prenúncio de pânico ? !!

    Sugiro uma ideia agregadora de sentido de união, contra esta política, contra estes políticos, contra a corrupção, a insegurança nas empresas, nas ruas !

    Por que não uma manifestação surpresa de cidadãos nas praças de Portugal simplesmente a cantar o hino nacional ?

    Fica a ideia !

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo