segunda-feira, outubro 05, 2009

Biba o FêCêPê

FCP

Parece que a Elisa Ferreira andou pelo Estádio da Antas com o Pinto da Costa, inimigo do Rui Rio, na esperança que o “Fê.Cê.Pê” ainda seja uma nação, prometendo-lhe reabrir as varandas da Câmara Municipal aos festejos das conquistas do clube. Quer-me parecer que nem com o apoio do “Dragão” e da ajuda que o Sócrates lá foi dar, ela vai evitar uma goleada no dia das eleições.

7 comentários:

  1. Kaos, uma vez mais, Parabéns, Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Estás coberto de razão...

    ResponderEliminar
  3. Não votam na merda,votam no cagalhão!É assim, a democracia,depois não me fodam a dizer que isto está mal.Tá mal pq a massa votante é,como hei-de dizer,uma cambada de não-pensantes,para não dizer que são obtsusos orgulhosos com aquele modo de estar'se eu fosse ele,tb faria a mesma coisa'-uma miséria

    ResponderEliminar
  4. A Elisa Ferreira vai ter que prestar conta a DEUS por apoiar um proxeneta e narcotraficante de heroina.Alias todos os que estão metidos nesta jogada para voltar a dar as chaves da cidade do porto á camorra novamente serão julgados.

    A eta faz os estragos que faz e sao um minoria.

    Um dia os Benfiquistas vão se fartar desta merda e vai acontecer um banho de sangue.

    ResponderEliminar
  5. Rui Rio tem todas as condições para assumir o terceiro mandato à frente dos destinos da Câmara Municipal do Porto.

    Vencerá, porque é inconcebível que a sua maior adversária à autarquia tenha já garantido um lugar como eurodeputada em Bruxelas, se eventualmente perder. Na sua cidade, a candidatura socialista associa-se ao clube de futebol mais representativo procurando apoios, fazendo lembrar a vergonhosa intimidade no passado entre a Câmara e o séquito portista. Corajosamente, Rio acabou com este feudo, com a promiscuidade entre a política e o desporto, e, claro, ganhou inimigos, muito deles dissimulados.

    Cáustico, incisivo, não se deixando amedrontar, cultivou uma imagem de líder, sendo legítimo apontá-lo como o futuro presidente do partido do seu coração, actualmente moribundo. Com uma carreira política exemplar ao serviço da social democracia arrisca-se a ser o novo rosto de oposição ao Governo, porque a batalha na cidade, contra tudo e todos, está ganha há muito tempo.

    http://dylans.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  6. A Mim Me Parece6/10/09 00:01

    A Elisa Ferreira, ex-Ministra do Ambiente, sabe das trafulhices do Sócrates secretário de Estado do Ambiente mas cala. Foi para Bruxelas por conta dessa factura. É candidata PS à Câmara do Porto sob condição de não perder o tacho de Bruxelas. E nem pensar em ficar no Porto!

    ResponderEliminar
  7. Na esperança, não, o FCP é uma nação! Mas os portistas sabem bem que é a Elisa Ferreira quem está à procura do apoio do Pinto da Costa e não o contrário.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo