quarta-feira, novembro 25, 2009

e zás, corta-se-lhe a cabeça

 hidra sem cabeça

O PS reagiu ao comunicado do PGR ilibando Sócrates de responsabilidades criminais nas escutas onde foi interceptado. Francisco Assis retomou o argumento da cabala dizendo que o partido e o Governo foram alvo de uma "tentativa clara de decapitação política"

Não fosse o Engenheiro uma Hidra com tantas trafulhices a saírem-lhe pela cabeça e, como no caso da lenda, de cada vez que se corta uma, logo outra aparece no seu lugar. A solução está mesmo em cortar mais abaixo e arrumar o caso de vez. Já chega de fugas de informação e de desculpas esfarrapadas. Num país decente a esta hora já todos sabíamos a verdade.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo