quinta-feira, dezembro 31, 2009

O novo ano que aí vem

bebe ano 2010

4 comentários:

  1. Caro
    Kaos,
    2010 vai ser o ano da fome em Portugal, ao contrário daquilo que o actual 1º Ministro apregoa numa campanha, parece, que apenas destinada a ele próprio - a maioria das pessoas não acredita nisso, basta fazer um pequeno inquérito entre amigos e conhecidos - o próximo ano irá revelar a realidade desta pobre Nação, a falência total, quer económica quer moral, esta, ainda pior que a outra na minha modesta opinião, milhares de pequenas e médias empresas irão encerrar, acompanhadas é claro, por outras de maior dimensão, assim, o desemprego que deve andar actualmente pelas cerca de 600 mil pessoas não deixará de crescer e chegará facilmente aos 650/700 mil desempregados, se isto reflecte a melhoria da Economia, então vou ali já venho...
    Não vejo no actual panorama político qualquer homem ou mulher com pulso suficiente para inverter a situação do país, veja, Salazar quando chegou ao Poder em 1928 a divida externa portuguesa era inferior a 50% do PIB, hoje, a divida externa total, (Estado, Sector público e privado), deverá andar por muito perto dos 200%, como é que vamos sair desta alhada???
    Depois repare-se, a política tem sido a do desmantelamento do sector agrícola e das pescas, e muitos dos sectores industriais e do artesanato, pura e simplesmente foram substituídos por produtos importados, o caso das conservas, uma industria emblemática de Portugal é um exemplo, igualmente nos têxteis, nos lanifícios, nos sapatos, etc., tudo tem sido destruído sem dó nem piedade como se fossemos alguma ilha das patacas ou tivéssemos poços de petróleo por todos os cantos, não se percebe, e isto tudo, com a complacência de todos os partidos duma ponta à outra, como poderemos então esperar um futuro melhor???
    Não, meu Caro Kaos, Portugal enquanto Nação, está nos seus estertores finais, daí eu dizer que não há qualquer esperança para este país no regime actual, muitos não gostarão daquilo que eu digo, mas qual a alternativa???
    Mais do mesmo é condenar ao definhamento total deste povo, ou então, resignar-nos a tornar-nos numa colónia do Brasil ou de um qualquer país africano, que, com os "trocos" do petróleo vá comprando isto aos bocados, ou então tornar-nos num protectorado da UE, sem qualquer ponta de soberania digna duma Nação com a nossa História.
    Terá sido para isto que se fez o 25 de Abril??? Se calhar até foi, já não digo nada...
    Por outro lado, já nem podemos ter orgulho de ser portugueses, isso é "politicamente incorrecto" é quase um crime, e sem ânimo moral e auto-estima não há país que se levante.
    Termino, desejando-lhe um Bom Ano Novo.
    Cumprimentos.

    LUSITANO

    ResponderEliminar
  2. Caro Lusitano
    Isto realmente está muito mal e infelizmente continuamos no caminho errado. Continuamos a obedecer a ordens de uma UE capitalista que está a destruir o nosso sistema produtivo e a querer concorrer numa economia aberta com países que não possuem qualquer legislação liberal ou respeito pelos direitos dos cidadãos. Continuamos a apostar no consumismo e na produtividade como solução quando só a raciomalização dos meios e do consumo pode ser a solução. Chegou a hora do usa e deita fora e de passarmos a utilizar somente o que necessitamos. Chegou a hora de colocarmos as pessoas à frente das teorias económicas. Chegou a hora de o estado se intrometer na produção e garantir que o país produz os bens que necessita. Chegou a hora de nos protejermos da invasão do baixo custo à custa de trabalho quase escravo.
    Um bom ano para ti e esperemos com soluções mais crediveis que as actuais

    ResponderEliminar
  3. APESAR DE TUDO QUE TENHAS BOAS ENTRADAS E QUE 2010 SEJA REPLETO DE SAÚDE E MUITA FELICIDADE...

    ResponderEliminar
  4. Um bom 2010 caro camarada e amigo.

    Claro que as perspectivas para o ano de 2010 e próximos não são animadoras, nomeadamente para quem se levanta às seis da matina ou menos, apanha transporte público e vai encher os bolsos ao capitalista do patrão e estar sujeito a ir para o olho da rua, para estes sim, o 2010 e seguintes vão ser uma grande merda.

    Para Belmiros, Amorins, banqueiros, políticos, empresários, corruptos e outros filhos de puta quejandos, o ano de 2010 e seguintes vão continuar a ser o regabofe costumeiro, ou seja, a total impunidade.

    Nós, quais paus-mandados, sem reacção, a não ser ir de quando em vez engrossar umas quantas manifestações sem consequência, vamos aguardando em banho-maria a vinda dum "salvador" que tarda em chegar. A não ser que tomemos coragem, e, todos juntos, correr com esta canalha.

    Abraço

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo