sábado, janeiro 16, 2010

Condecoração de lata

Condecoração de lata

Terça – feira o Presidente da Republica vai condecorar Pedro Santana Lopes, que é o único governante que exerceu o cargo de Primeiro-Ministro e que ainda não foi agraciado. (Faz lembrar aqueles almoços de despedida aos que se vão reformar numa empresa e lhe oferecem uma salva de prata como memória desses anos). Merecem os nossos ex-primeiros-ministros esse agradecimento do nosso estado? Honestamente, à grande maioria, assentava-lhes bem melhor, umas orelhas de Burro e um cartaz a pedir desculpa pela porcaria que fizeram. Este era, sem dúvida, um deles.

8 comentários:

  1. Desculpe lá, mas o PSL, não fez tanta merda como este socretina e todo o mundolhe dá atenção.
    Pelo menos a este PSL, ainda não o acusaram de corrupção

    ResponderEliminar
  2. Caro Kaos,

    O caos efectivamente está instalado, quando os portugueses ouvem mais a comunicação social e os arremessos políticos esquecendo-se que por trás existe sempre um jogo de ataque.

    Sugiro então que se informe um pouco mais sobre o porquê que Santana Lopes foi efectivamente "dispensado" do Governo. Talvez se ele estivesse lá o assunto BPN não teria acontecido, nem tampouco o BPP, ou os erros crassos de Vítor Constâncio e do Banco de Portugal. Mas claro, quando alguém tenta pegar em assuntos inconvenientes é irradiado no nosso país. Veja-se o Gonçalo Amaral no caso "Oh Gordon eu livro-te da polícia em cima dos teus amigos McCann e tu safas-me no Freeport". E como esse há tantos outros.

    Se acha que governar um país como o nosso, que está em falência desde o queridíssimo Guterres, é fácil, porque não se candidata nas legislativas?

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  3. pois... o fora do baralho não fez tanto entulho porque não teve tempo...

    ResponderEliminar
  4. "Se acha que governar um país como o nosso, que está em falência desde o queridíssimo Guterres, é fácil, porque não se candidata nas legislativas?"

    Se o Kaos se candidatasse (lá chegará o tempo em que candidaturas independentes o poderão fazer) eu estaria da linha da frente para o apoiar e sei que a primeira medida que tomaria era limpar toda a escumalha parasitária que grassa por cá.

    Quanto ao Santana Lopes é mais um filho deste sistema neo-liberal de cariz fascisoide que se está cagando para o Povo, preferindo o jet-set da linha e/ou um ou outro bar de putedo. Caro JFLS, esta gente não nos interessa, são snobe's que nunca cuspiram nas mãos, nunca fizeram nada na vida.

    ResponderEliminar
  5. O SL é um imbecil, e pronto.
    Os outros para além de serem mais imbecis ainda são ladrões, pedófilos, censores, vigaristas... e nem queimaram as pestanas para serem doutores & engenheiros.
    Já agora o SL nunca nos tentou convencer que a resolução dos nossos problemas passa pela legalização do casamento entre fufas e paneleiros, ups! casamento gay (para não ferir susceptibilidades e ser politicamente chique) e por passarmos todos a levar no cu; e pormos as criancinhas a dizerem que o pai é o que tem a barba e a mão é o que tem o bigode...!...

    ResponderEliminar
  6. Fantástico que por outros fazerem merda haja tanta gente que considere que não se pode criticar o PSL. Este fez a merda que fez e se não fez mais é porque não teve tempo nem sabia como se faz. Também com as santanetes e tias com que andava não o deviam saber ajudar muito

    ResponderEliminar
  7. Caro Kaos
    Este ainda foi o que fez menos. Bem pior foi o Durão que emigrou, o Guterres que fugiu após umas autárquicas e agora temos o Socrates que só ainda não foi preso porque isto é uma republica das bananas.

    ResponderEliminar
  8. Falar desta gente é dar-lhes a importância que não têm. Mas que fez o Santana de relevante (a não ser dar umas quecas na Cinha Jardim e apanhar umas valentes bebedeiras), nada. O Santana é mais um produto do fascismo que esta democracia aproveitou, bastante mal, diga-se.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo