segunda-feira, janeiro 18, 2010

Governo apoia o trabalho precário

precariedade

O Governo vai alargar os apoios à contratação a prazo a todos os desempregados de longa duração com mais de 40 anos, satisfazendo as reivindicações das associações patronais e da Comissão Europeia. As empresas que contratem a termo pessoas com mais de 40 anos, que estejam à procura de emprego há mais de nove meses, terão um desconto nas contribuições a pagar à Segurança Social de 50% no primeiro ano e de 65% nos anos seguintes.

Quem não se lembra de ver esta gente a impor a nova Lei Laboral afirmando der esta a melhor forma de combater a precariedade no emprego. Nove em cada dez novos empregos são contratos a prazo e, a vantagem das empresas de pagarem menos imposto na contratação sem termo, perde-se agora nesta nova benesse ao patronato.
Também todos se lembram de assistirmos às mudanças feitas nas regras da Segurança Social, com a redução das reformas e aumento da idade a que a ela teremos direito, baseada na necessidade de garantirmos a sua sustentabilidade. Agora é ver essa mesma segurança social ser delapidada nas suas receitas e o seu dinheiro utilizado para tudo e mais alguma coisa. Não deve faltar muito para nos virem anunciar uma nova crise e na necessidade de fazer novas alterações que, como sempre, serão pagas por todos nós. Até quando vamos deixar esta gente delapidar o nosso presente e o nosso futuro?

PS: A UE há muito que reclamava por o o Estado dar apoios maiores ao emprego sem termo que ao emprego precário. Esta é a Europa nas mãos da qual depositamos o nosso futuro.

1 comentário:

  1. Fabuloso!!!!
    Pessoas com mais de 40 anos,à procura de um bom emprego,vulgo tacho, não lhes ficaria nada bem, em corpinho atarracado, uma lingerie "Sado Masoquista"... O chicote tá ao rubro!!! não foi nada mal pensado para dispersar os apoios à contestação

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo