sábado, janeiro 30, 2010

A nova estratégia dos derrotados

escravatura

Na Conferência Internacional de Londres para a reconstrução do Afeganistão, em que foi decidido gastar 500 milhões de euros na tentativa de “comprar” líderes afegãos, Luís Amado afirmou:
«Dizer que a fronteira da segurança de Portugal está no Afeganistão não é fácil de percepcionar e o mesmo acontece com a generalidade da opinião pública europeia». «É necessário para que não se dê a ideia de que o conflito é interminável, que não há estratégia, que cada um está no terreno a seu bel-prazer, sem uma orientação coerente».
Portugal vai ter no território, em breve, mais de 250 militares. A maior parte destes efectivos (150) são tropas de combate e irão juntar-se aos elementos que já lá estão.

Claro que não há uma orientação coerente, claro que não há estratégia e que o conflito é interminável. Claro que não conseguem explicar de estarmos a fazer guerra ao Afeganistão porque não há uma justificação minimamente verosímil para a explicar. Não conseguem ganhar militarmente e vão tentar comprar a paz. Os talibãs vão uma vez mais, como fizeram o fizeram desde os tempos mais antigos aos russos, derrotar o invasor e o pior é que nós fazemos parte dele.

7 comentários:

  1. Hello everyone!
    I would like to burn a theme at here. There is such a thing, called HYIP, or High Yield Investment Program. It reminds of financial piramyde, but in rare cases one may happen to meet a company that really pays up to 2% daily not on invested money, but from real profits.

    For quite a long time, I make money with the help of these programs.
    I'm with no money problems now, but there are heights that must be conquered . I make 2G daily, and I started with funny 500 bucks.
    Right now, I'm very close at catching at last a guaranteed variant to make a sharp rise . Turn to my web site to get additional info.

    http://theinvestblog.com [url=http://theinvestblog.com]Online Investment Blog[/url]

    ResponderEliminar
  2. Anónimo2/2/10 09:22

    Para mim um bom Talibã é um Talibã Morto...
    Por isso, embora tenha muita pena dos "danos colaterais"... tem que ser...
    Abraços,
    Paulo

    ResponderEliminar
  3. Anonimo:
    Na verdade os Talibas a mim nunca me fizeram mal nenhum ao contrários de alguns que se dizem nossos amigos e já nos enganaram muitas vezes. Mas talvez tenhas razão e os Talibans também pensem que um Português bom é um português morto e, se assim for não fiques aborrecido com eles se matarem alguém que ames ou conheças. Não passará tudo de danos colaterais na visão dele. E na tua?

    ResponderEliminar
  4. Anónimo2/2/10 23:12

    Kaos...
    Não sou anónimo identifiquei-me como Paulo que é por sinal o meu nome...
    Não me digas que precisas que os Talibans te venham fazer mal a ti ou aos teus para tomares uma posição???...
    Isso faz-me lembrar aqueles que não tomaram nem quiseram tomar posição nenhuma contra os nazis e permitiram a morte de milhões... até que uns "energúmenos" (pelo que se pode ver da tua opinião) do outro lado do Atlântico e mais alguns europeus tomaram uma posição... só foi pena que para isso tivessem que se aliar a um não menos crápula genocida de um soviético que dava pelo nome de Estaline...
    Mas para tomar uma posição bastam-me ver imagens do modo como são tratadas as mulheres (que são como em quase todo o lado a maioria da população) por esses maravilhosos talibans, tais como estas:
    http://www.un.org/Pubs/chronicle/2002/issue3/081902_afghan_women.jpg (que magnífico traje... nada, mas mesmo nada humilhante...)
    Ou então os exemplos de "justiça" contra elas perpetrados... como por exemplo estes:
    http://a123.g.akamai.net/f/123/12465/1d/www.nationalpost.com/news/world/afghanistan/1457619.bin?size=404x272
    http://www.rawa.org/beating5.jpg
    http://radyananda.files.wordpress.com/2009/06/woman_stoned_to_death.jpg?w=335&h=283
    http://patdollard.com/wp-content/uploads/taliban_execution.jpg (que espectáculo lindo para se ver num campo de futebol)
    http://mypetjawa.mu.nu/archives/taliban_murder_two_women-afghanistan.jpg
    http://www.911familiesforamerica.org/images/TBX2.jpg (estas mulheres são as mesmas qu se vêm na imagem anterior... lindo... Não é???)
    Então ver este video de como se pratica justiça sobre mulheres pelos talibans... uma delícia aos olhos de qualquer um:
    http://video.telegraph.co.uk/services/player/bcpid1137883380?bctid=20954227001
    Ou então estes métodos de justiça praticados sobre a restante população mais sortuda:
    http://www.sanfranciscosentinel.com/wp-content/uploads/2009/03/taliban-1-2.jpg
    http://doctorbulldog.files.wordpress.com/2007/10/dead-taliban.jpg?w=450
    http://standupforamerica.files.wordpress.com/2009/10/taliban-shooting.jpg?w=525
    http://www.michaeltotten.com/archives/images/Taliban%20Execution%20in%20Herat.jpg
    http://sherryx.files.wordpress.com/2009/02/taliban_hanging.jpg?w=300&h=223 (O uso perfeito para um guindaste... ah... lindo... não é???)
    http://www.911familiesforamerica.org/images/TBX5.jpg (e que tal mais este espectáculo??? lindo jogo de futebol... ah...)
    (CONTINUA...)

    ResponderEliminar
  5. Anónimo2/2/10 23:15

    (... CONTINUAÇÂO)
    Já para não falar na destruição deste exemplo de património mundial:
    http://www.moonbattery.com/archives/buddha-statue-pre-taliban.jpg
    que ficou assim:
    http://www.moonbattery.com/archives/buddha-statue-post-taliban.jpg
    Escapou o famosos "Tesouro Bactriano" à cobiça de várias invasões graças ao verdadeiro patriotismo heróico de um grupo de funcionários públicos mal pagos que poderiam ter feito fortuna só com algumas de suas peças. Estes sim podem ser considerados verdadeiros afegãos... Não uma corja de talibans que lhe tentaram deitar as mãos a fim de o destruírem como faziam com tudo o que era cultura, acompanhados por um "amigo" Bin Laden... Na década de 80 esses homens (doze funcionários do Museu Nacional de Cabul, entre os quais o seu director) esconderam/guardaram/protegeram as obras em cofres bancários trancados com uma série de chaves diferentes no subsolo do em caixas-fortes do banco central afegão... Cada guardião ficou com uma chave e todos mantiveram em segredo o que haviam feito. O cognome de "guardiões das chaves" porque ficam conhecidos vai valer-lhes a fome, a prisão, a tortura. Mas o segredo nunca será revelado, nem se deixará revelar. Nem mesmo quando um dos vários senhores da guerra que passou por Cabul tentou dinamitar o cofre-forte. As paredes e tectos da cave ficaram danificados, o cofre permaneceu intacto, impassível na frieza do aço.
    Só em 2003, quando o processo de normalização política dava os primeiros passos é que os guardiões revelaram o segredo ao Presidente Hamid Karzai. Depois a pedido do governo afegão, a National Geographic Society, instituição científica e educacional americana, participou do inventário do conteúdo dos cofres e organizou a exposição.
    É justa a dedicatória a estes homens a inscrição à entrada do Museu de Cabul, "Uma Nação Está Viva Quando a Sua Cultura Está viva. E Quando Tem Guardiões à Altura". Estes sim são afegãos e que merecem ser protegidos não um bando de talibans...
    Já nem falo da Videoteca com registos de parte da história do país protegida por outros tantos funcionários do então estado, atrás de uma parede falsa, que a ser descoberta levaria à execução destes guardiões...
    Etc., etc., etc....
    O que eu me recuso é a meter a cabeça na areia... e só tenho pena que não se dê mais protecção aquele povo e se eliminem de uma vez por todas essa corja dos talibans (e outros afins) da superfície da terra... até já os senhores tribais do norte do Paquistão começam a ficar fartos deles e começam a apoiar o exército paquistanês a dar-lhes caça...
    Mas para mim enquanto houver a maioria de um povo (mulheres) e seus Homens (os com letra grande, como os guardiões e outros anónimos) sem possibilidade de se defenderem de um bando de lunáticos... Apoio, embora com limites, quem os queira apagar literalmente da superfície do planeta...
    Abraços,
    Paulo

    ResponderEliminar
  6. Caro Paulo:
    Não estou tentei fazer dos Talibas uns santos, assim como não acredito que quem nasça num determinado local numa determinada data esteja desde logo condenada a ser odiado e bombardeado. Fizeram merda alguns Talibas, assim como o fizeram alguns alemães enfeitiçados por um Hitler. Assim como fazem a China, Israel, a Coreia, a Russia, Irão, Angola, Arábia Saudita e muitos outros. O que varia são os interesses económicos. Odiar um povo é xenofobia, odiar os Talibas é fazer o mesmo que o Hitler fez com os Judeus, só por serem judeus. Justificações muito inteligentes, cultas e até filosóficas é possivel e até fácil, mas se formos capazes de resisitir a esse "canto das sereias" gácilmente se antevê a morte, a dor, o sofrimento, a injustiça que isso representa para quem teve a pouca sorte de nascer ali nesse momento. Desculpa-me, mas nada justifica o bombardeamento de aldeias, a morte de iniocentes que supostamente iamos salvar. Quem os salva de nós?

    ResponderEliminar
  7. Anónimo4/2/10 00:10

    Kaos...
    Com quase tudo o que disseste concordo... mas evidentemente não com tudo...
    É evidente que não tenho nada contra o verdadeiro povo afegão... Aliás dei-te exemplos de verdadeiros heróis afegãos... e de verdadeiras vítimas afegãs...
    E evidentemente e apesar de todas as desculpas de danos colaterais, não desculpo de maneira nenhuma os imensos erros americanos... bem pelo contrário especialmente quando muitos deles são devidos a enorme incompetência... por acaso conheço dois militares portugueses que estiveram no afeganistão e a opinião deles e pelo que me deram a entender de muitos outros, é da enorme incompetência das forças armadas americanas... O que lhes vai valendo é o número e alguma tecnologia... Não é por qualquer motivo que eles perderam vergonhosamente a guerra no Vietname... enquanto os portugueses quanto muito perderam parte da guerra colonial na guiné... e no final pura e simplesmente abandonaram as outras frentes de batalha (evidentemente as que eram economicamente mais interessantes) com a revolução de 74 sem nunca serem verdadeiramente derrotados (entre outras coisas porque o apoio popular também estava dividido e nem todos odiavam os portugueses)...
    Agora odiar e desprezar profundamente os Talibas é outra coisa... muitos deles não são afegãos... e os que o são, juntamente com os outros talibans estrangeiros, são o exemplo máximo do lixo humano... odiar esses tipos não é xenofobia, como não o é odiar os nazis... é odiar os exemplos do mais baixo do lixo humano que se pode ser... de coisas (pois nem o direito a termo "indivíduo"/"gente" têm) que não têm o mínimo respeito pelos mais básicos direitos humanos (aliás por nenhum) e que antes da chegada das tropas aliadas fizeram das mais atrozes barbaridades (e quando podem ainda fazem)... e desculpa, fizeram muitissimo pior do que pode ter feito a NATO com todos os seus erros...
    Para além disso e como bem sabes esse povo, devido inclusivamente ao desinteresse "económico" da região, continuaria a ser massacrado e a história de parte da humanidade continuaria a ser destruída/apagada daquela região se não fosse um famoso "11 de Setembro", no qual morreram milhares de pessoas que não mais fizeram do que estar calmamente a viajar, ou estarem nos seus escritórios a trabalhar...
    Infelizmente, e repito, nada teria acontecido e aquele estado das coisas (de que se podem ver apenas alguns exemplos nos linkes que enviei) assim continuariam apesar de toda a gente por todo o mundo saber o que se passava, porque economicamente aquela região não vale nada... Como aliás acontece noutras partes do mundo onde genocídios estiveram e estão em curso, sem que ninguém movesse ou mova uma palha... Só porque estamos a falar de regiões sem o famoso interesse...
    Abraços,
    Paulo

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo