segunda-feira, fevereiro 08, 2010

A Irmandade do Alberto

A irmandade do Jardim

Alberto João Jardim, defende que o processo político de aprovação da nova Lei das Finanças Regionais demonstrou "ser possível fazer um compromisso histórico em Portugal que liberte o país do PS".
"O senhor presidente da República terá de tirar as ilações do acordo que foi possível estabelecer entre quatro partidos, entre uma maioria, dando cumprimento à vontade do Conselho de Estado". Realçou que todo o processo político deitou por terra a ideia de que "não há alternativa a este Governo", apontando que o PS foi o único a responder negativamente ao apelo para o entendimento feito pelo Conselho de Estado.
"A partir de agora há uma hipotética alternativa desenhada, não pode o presidente da República pensar que não há outras soluções de governo até maioritárias, haja é bom senso".
O coordenador Regional do PCP/M, Edgar Silva, afirmou hoje que se Jardim quer um «compromisso histórico» para o país, basta «que influencie o PSD nacional a votar contra o orçamento do estado», e consegue os seus desígnios.

Felizmente que a idade já me ensinou a não ficar admirado com nada, nem mesmo com as propostas do Jardim, ou se calhar sobretudo com as propostas do Jardim. Realmente um desígnio nacional é correr do governo com a canalhada que por lá anda, mas também é preciso saber-se qual a que pensam colocar no seu lugar. É que, para melhor está bem, para pior já basta assim.

3 comentários:

  1. Anónimo8/2/10 18:30

    Na, o PS pode ter defeitos, como o Governo e seu primeiro, no topo, mas desta o carnaval foi do PSD, se não mais do BE e PCP, como do CDS, tudo o que se diz oposição e neste passo nos apareceu como a cambada despeitada de bonecos.

    das arábias

    ResponderEliminar
  2. Anónimo9/2/10 11:38

    Falta o boneco com o PARTIDO SOCIALISTA da Madeira, pois não só votou a proposta inicial, bastante mais gravosa do a que foi agora aprovada, como o deputado eleito pelo PS Madeira votou de novo a proposta agora aprovada na Assembleia da Republica.

    E o Socrates , que em Dezembro e contra o parecer do Teixeira dos Santos, transferiu para a Madeira OITENTA MILHÔES, esses sim sem qualquer controlo.

    ResponderEliminar
  3. Otus scops22/3/10 01:36

    a Trupe do Funil este ano trajou estilo medieval. bons carnavais!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo