terça-feira, março 02, 2010

O carteiro

 Pombo Correio

A carta, entregue no edifício do Banco Comercial Português (BCP), que alertava Armando Vara de que o telefone do primeiro-ministro se encontrava sob escuta está assinada e tem um número de telemóvel.
"Avise ou mande avisar o seu amigo José Sócrates que o seu telefone encontra-se em escuta (não por e-mail, nem por telemóvel ou telefone. Só ontem soube de fonte segura. Se for preciso contar-lhe-ei tudo em pormenor (sem ser por e-mail ou telefone)", escreveu PN a Armando Vara acrescentando que "estava muito nervoso" e pedindo que "depois de a ler" destruísse a carta.
"Dei-lhe tanta importância que ela estava na gaveta da minha secretária", afirmou Armando Vara na altura, acrescentando "achei aquilo absurdo".


3 comentários:

  1. Zé Leitão2/3/10 09:59

    Fernando Nobre à Presidência.

    ResponderEliminar
  2. Zé Leitão2/3/10 10:00

    Fernando Nobre à Presidência.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo2/3/10 20:52

    ka vara
    de porcos, senhor!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo