domingo, abril 18, 2010

Ozzzzzzzzz

feiticeiro de oz


O Presidente da República, Cavaco Silva, minimizou o impacto das declarações do seu homólogo checo, Václav Klaus, em relação à economia portuguesa, ainda que tenha lembrado que se Portugal cumprir o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) em 2013 terá um défice inferior às projecções da República Checa. E chega a justificação de Cavaco para as declarações do seu homólogo: “está convencido que o próprio mundo empresarial não gosta de défices orçamentais muito elevados e que isso influência a disponibilidade para se estabelecer negócios entre empresas portuguesas e checas”. "É conhecida em toda a União Europeia as posições por vezes pouco ortodoxas do Presidente da República checa, mas nem por isso ele tem menos simpatia em relação a Portugal"

Tarde e a más horas veio o Sr. Silva responder às críticas feitas pelo Presidente Checo. A pergunta que fica é a de se é como o Leão do feiticeiro de Oz e lhe falta a coragem para falar em frente dele ou se simplesmente é o Espantalho que procurava um cérebro. Ou será uma amálgama dos dois?

5 comentários:

  1. A resposta do excurssionista ao presidente Checo é típica dum irresponsável.
    A evacuação de Sua Excelência foi do mesmo jeito - com muita expertice saloia -, maximização da opção turística. Em vez de regressarem de Praga para Roma (+/- 100 km) e aqui apanhar o avião para Lisboa, não. Vieram de pópó de Praga - Estrasburgo - hotel - Barcelona e aqui o aeroporto vai estar fechado ...

    E os labregos que paguem !

    ResponderEliminar
  2. «O Presidente da República, Cavaco Silva, minimizou o impacto das declarações do seu homólogo checo, Václav Klaus, em relação à economia portuguesa, ainda que tenha lembrado "QUE SE" Portugal cumprir o Programa de Estabilidade e Crescimento (PEC) em 2013 terá um défice inferior às projecções da República Checa»

    Caro
    Kaos,
    Atenção a este: "QUE SE", é que só teremos um défice inferior à República Checa "SE" realmente o nosso défice descer.
    Mas, alguém com dois dedos de testa e pelo menos com meia dúzia de neurónios, pode acreditar em tal coisa???
    Com a Economia do país a dar o "Peido Mor", principalmente devido a um sector primário praticamente inexistente, a uma Industria de vão-de-escada, a um sector agrícola que não dá nem para alimentar a Ilha da Madeira, com um sector das pescas - que poderia ser um dos nossos maiores trunfos, veja-se o tamanho da nossa ZEE, mais de um milhão de Kms2 - mas que ninguém parece querer explorar, pelo contrário, parece que estão à espera que alguém se aposse dela, reduzidos apenas a um sector terciário, ainda por cima com o comércio a "alimentar-se" cada vez mais de produtos estrangeiros, como é que alguém me explica a maneira e fazer baixar o défice???
    Ainda há poucos minutos, vinha pela rua e passei por várias lojas de roupa, verifiquei o preço a que estavam a vender vários artigos, eram calças de homem a 5€, conjuntos de calças e blusões de ganga a 10€, saias a 5€ igualmente, e atenção, estas lojas não eram chinesas, bem pelo contrário, já venderam - noutros tempos - roupa de marca e por aí fora.
    (continua)

    ResponderEliminar
  3. (conclusão)

    Ora é completamente impossível que essa roupa possa ser cá feita, tem de vir algures da Ásia, e então as nossas fábricas vendem o quê, o que faz com os seus empregados???
    E tal como a roupa, com outros artigos acontece o mesmo, como é que então se vão pagar as dívidas e fazer baixar o tal défice, se cada vez mais, estamos ependentes do que vem do estrangeiro e se para isso, temos de continuar a pedir dinheiro "emprestado"???
    Claro, que ninguém diz que temos uma das maiores reservas de cobre da Europa, praticamente o sub-solo da parte Sul de Portugal é rico em pirites, e com esses minerais, normalmente, andam sempre outros associados, como o ouro, por exemplo, temos volfrâmio, temos urânio, enfim temos uma série de matérias-primas, isto na plataforma continental porque na marítima parece que ainda temos bastante mais, mas pouco ou nad se explira essa riqueza e as demais mais-valias como podeiam constituir por exemplo, a metalurgia desses metais, temos um território de cerca de 92.000 Km2 , o que para pouco mais de 10 milhões de macacos dava e sobejava para termos uma boa vida, não só porque temos boa parte do território com boas condições para toda a agricultura, como temos paisagens fantásticas a começar pelas praias, temos um tempo formidável em relação à maior parte da Europa, no entanto, não passamos de uma cambada de "sem-abrigos", duma cambada de indigentes que andamos a pedir esmolas, a ser enxovalhados como foi este tema que aqui me trouxe, em que o nosso maior representante, oPR, leva uma bofetada daquela dimensão, que envergonha todo o povo português e pouco ou nada reage, aliás, porque até sabe que é verdade, esta é a nossa sina.
    Nós, não somos só pobres materialmente, somos é acima de tudo, uma cambada de patetas sem amor-próprio, sem orgulho, em que uma boa meia dúzia de "xico-espertos" se aproveita da situação em proveito próprio.
    Daí, que, se tivéssemos alguém que conseguisse espevitar este povo e aumentar-lhe a auto-estima, poderíamos sair desta maldita crise, mas, com um Presidente da República pouco lestos como o Dr. Cavaco Silva, com Primeiros-ministro como Sócrates (que até já lhe valeu o cognome de "Manso", vindo do seu amigo Francisco Louçã, e por aí fora, bem nos podemos dedicar à pesca, que ninguém quer realmente saber de nós e da nossa pobre Pátria, vamos realmente desaparecer do mapa das nações em breve espaço de tempo.
    Estamos, infelizmente, sem timoneiros, andamos à deriva, vamos acabar por ir ao fundo.
    Somos outro TITANIC em versão gigante, venham os músicos!!!
    Cumprimentos.

    LUSITANO

    ResponderEliminar
  4. A questão principal não é Klaus ser um grosseirão sem nível para presidente da república de seja o que for (isso é um problema checo...), é o nosso presidente não ter diginidade para responder à altura (abandonando imediatamente a visita à República Checa). Cavaco Silva envergonhou-me profundamnete e mais uma vez demonstrou que não tem um pingo de nível, não passa de um reles arrivista. Espero que a direita encontre outro candidato que ao menos tenha capacidade para defender a nação quando é preciso, a bem do debate e da honra de Portugal. Ainda bem que eu não votei nesse zero à esquerda eleito pela direita...

    ResponderEliminar
  5. Meus caros com a "vergastada" que o Aníbal do bolo-rei levou no estrangeiro fica provado que Portugal no estrangeiro ninguem lhe passa cartão. Através deste episódio os portugueses que se convençam de que no estrangeiro Portugal é olhado rídiculamente devido aos politicos que nos desgovernam.
    Os estadistas estrangeiros quando fazem afirmações como as que fez o presidente checo (e infelizmente são verdadeiras) bem sabem que Portugal está entregue a uma cambada de imcompetentes e mais do que isso VIGARISTAS que estão metidos em todos os casos de corrupção.Então pensam que os estrangeiros não sabem bem o que é a Casa Pia,Freeport, Face oculta?
    Em relação ao senhor Anibal se ele fosse um verdadeiro patriota respondia-lhe á letra e em português vernáculo dizendo-lhe:" Vá para a puta que o pariu e de seguida fazia as malas e punha-se a andar.
    Porque é que não o fez? O P.R. bem sabe que as declarações são verdadeiras e teve medo do efeito contágio e no dia seguinte as agencias de avaliação declaravam a falencia do país.
    Com gente deste calibre Portugal não tem solução.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo