terça-feira, maio 11, 2010

Os Deuses do nosso fado

deus

Os Deuses não estão mesmo connosco. O nosso grande Abraão das finanças também não.

3 comentários:

  1. Quando li a frase pela 1ª vez, acreditem, li : "...o nosso grande Aldrabão das Finanças..." O meu cérebro traiu-me e antecipou-se à leitura!

    ResponderEliminar
  2. Abraão foi testado por Deus e depois não chegou a matar o filho!
    Este não vai ser um teste!
    O nosso Abraão vai mesmo matar o Zé Povinho e depois de lhe chupar o sangue... come-lhe a carne!
    Talvez não lhe chegue a roer os ossos!

    ResponderEliminar
  3. Vendo as coisas pelo lado positivo: quando Portugal falir, o dois partidos-maravilha também não se aguentarão nas canetas. Se haverá golpes de estado para repôr a ordem, isso já não sei prever. De todo em todo, os talibã estão ali mesmo, do outro lado do Estreito de Gibraltar, e o exército português está moribundo, já não é o que era. Portugal já não é o que era quando andou a espalhar o cristianismo pelo mundo, que disso se convença o papa. Já nem servimos para nos defendermos duma invasão, quanto mais voltar a espalhar a palavra de Deus pelo mundo...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo