sábado, setembro 11, 2010

São Fidel dos Arrependidos


Jaime Suchlicki, especialista e académico e consultor do governo norte-americano, nascido em Cuba mas a residir na Florida, onde dirige o centro de estudos cubanos da Universidade de Miami afirmou, "Ou está louco ou senil. Isto não parece de todo algo que Castro. Falava sobre a entrevista em que Fidel de Castro terá dito que o sistema cubano já não serve para os cubanos. "
Infelizmente até é capaz de ter razão, mas não duvido que o implementaria de novo se as situação voltasse a ser o que era na altura da Revolução Cubana, que voltaria a fazer frente ao todo poderoso Estados Unidos da América. Basta lembrar como era a vida e a repressão durante o governo do Batista para se ter a certeza disso.
Se agora fez um "acto de contrição" talvez se deva ao aproximar da sua morte, à compreensão que é impossível lutar sozinho contra o poderoso capitalismo ou à aceitação dos erros cometidos. Uma coisa é certa, mesmo velho e doente consegue ser mais lúcido e honesto, ao reconhecer o falhanço do seu sistema, que os emproados dirigentes deste mundo que não o conseguem fazer em relação ao capitalismo global e à miséria e pobreza que está a criar.

5 comentários:

  1. http://infamias-karocha.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. O líder cubano afirmou que foi mal interpretado pelo jornalista da revista americana Atlantic. Há dois dias, a revista publicou uma entrevista em que Fidel dizia que o modelo não era mais eficaz.Talvez já tivesse mudado de opinião. Os políticos são assim mesmo em qualquer parte do mundo. Mudam de opinião quando são pressionados. Até mesmo o Fidel.

    ResponderEliminar
  3. O líder cubano afirmou que foi mal interpretado pelo jornalista da revista americana Atlantic. Há dois dias, a revista publicou uma entrevista em que Fidel dizia que o modelo não era mais eficaz.Talvez já tivesse mudado de opinião. Os políticos são assim mesmo em qualquer parte do mundo. Mudam de opinião quando são pressionados. Até mesmo o Fidel.

    ResponderEliminar
  4. Duvido que alguma vez na vida, toda esta gente que pensa ter "todo" o poder do mundo na sua própria mão, se arrependa do que quer que seja!
    O "homem" é o ser mais destrutivo
    que existe neste planeta!

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  5. Ditadura é igual em qualquer parte do mundo, seja ela qual for. Fidel não se norteou ao longo do processo revolucionário pelos princípios pela qual fez a revolução. Derrubou um facínora apoiado pelos Estados Unidos, colocou-se a ele apoiado pela URSS. Mudaram as moscas, mas a porcaria ficou quase na mesma.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo