quinta-feira, dezembro 16, 2010

Oh tempo volta pra trás...


O ministro da Administração Interna, Rui Pereira, revelou que o Estado português irá rejeitar os blindados que sejam entregues fora de prazo e vai accionar as cláusulas penais (as indemnizações) em caso de incumprimento do contrato.
Dos contrato de aquisição das seis viaturas blindadas para garantir a segurança durante cimeira da NATO, que decorreu a 19 e 20 de Novembro, em Lisboa, só duas foram já recebidas. Quanto à escolha de adquirir o material através de ajuste directo (por consulta e não por concurso público) foi justificada com a natureza do equipamento, com a necessidade de trabalhar com empresas certificadas e com a "urgência" da aquisição.

Alguém devia oferecer um calendário ao Sr. Ministro, porque se as viaturas blindadas tinham sido compradas para a cimeira da NATO e a primeira só chegou no dia 21 de Novembro e ainda faltam chegar mais quatro, então nenhuma chegou dentro do prazo. Ou o Ministro tem o relógio a andar para trás, tem uma máquina do tempo no seu gabinete ou então a história do material ser para a cimeira da NATO está muito mal contada.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo