quarta-feira, janeiro 12, 2011

Anjo ou anjinho? Se calhar nenhuma delas.


Este anda lá para o Parlamento Europeu e por isso pouco sabemos do que ele e os outros andam por lá a fazer. Sei que nos "canais dois das nossas televisões" alguns são convidados a degladiarem-se em programas "de bate".
Hoje, de passagem assisti a uma pequena parte de um onde ouvi o Nuno Melo defender que não comentava as revelações do Wikileaks, porque nunca comentava informações conseguidas de forma ilícita. O nosso sistema legislativo garantia que essas informações não tenham qualquer peso legal.
O que ele não explicou é como se insurge tanto contra as informações reveladas pela Wikileaks e não questiona sequer a forma abusiva de como os Estados Unidos invadem a nossa privacidade quando escutam as nossos telefones, lêem os nossos e-mails. Com a desculpa do terrorismo tudo podem fazer e a existência do "echelon", que filtra todas as conversas telelefónicas e troca de informação na internete, mostra bem a ilegalidade cometida. Acredita ele que os EUA não utilizam todos os dias, da guerra armada à guerra económico, a informação recolhida nessa ilegalidade?

1 comentário:

  1. O tipo não se insurge contra os Espiões Americanos porque os Governantes deste calhau dão-lhes permissão (e ele já fica satisfeito pois já há "Lei" que permite) ou, na maioria dos casos, nem fazem a mais pequena ideia que estamos a ser vigiados e "roubados" no que a estas matérias diz respeito... resumindo mais um vómito a ganhar fortunas apenas porque respira!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo