domingo, janeiro 16, 2011

Dois apoios, duas caras

Quando fiz este boneco a idéia não era a de mostrar uma vez mais a quase impossibilidade de fazer uma campanha coerente sendo apoiado pelo partido do governo por um lado e por outro que não se cansa de lhe fazer oposição. Ontem, pela primeira vez o "Engenheiro" Sócrates participou na campanha e num comício do Manuel Alegre, que se acabou por se irritar com um jornalista que conseguiu descobrir nas sua intervenção criticas ao governo. Quando está gente do PS na campanha critica o FMI, o Cavaco e tudo o que não "toque" no governo PS. Quando é gente do Bloco que o acompanha já envia farpas ao governo e ao orçamento. Duas faces num homem que afirmou que a ele ninguém o calava. Coisa que só os interesses eleitorais o parecem fazer.

1 comentário:

  1. Pelas posições que se conhecem do candidato poeta ao longo de décadas, desde a guerra colonial até aos dias de hoje, pessoa que se encostou ao partido e à Assembleia da República e que para além da sua prosa e poesia, que não ponho em causa, não se lhe conhece trabalho que o dignifique
    a ponto de querer ocupar o mais elevado cargo da Nação, se é que ainda se pode chamar a este pobre País uma Nação, em minha opinião, só há uma designação "Falta de Carácter"!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo