quarta-feira, fevereiro 16, 2011

Entre o Paraiso ou o Inferno escolhe o purgatório.


O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho anunciou esta terça-feira, à saída da reunião com a bancada parlamentar social-democrata, que o partido decidiu não «viabilizar esta pseudo-moção de censura» do Bloco de Esquerda, confirmando o voto de abstenção. «O PSD não está, não esteve e nunca estará à espera de um oportunismo politico para derrubar o governo».

Expliquem-me melhor que eu não estou a perceber bem. Se para o PSD este governo faz tudo mal, se está a conduzir o país para o descalabro total, se tem todas as culpas e responsabilidades, se as sondagens lhe dão uma vitória em eleições, se o Bloco de Esquerda lhe estendeu a passadeira para chegar ao governo, porque não vem em "salvação" do país? Se não gostam do texto que justifica a moção do BE, apresentem uma do PSD. Tenham a coragem de o fazer, ou então calem-se de vez que tanta hipocrisia já mete nojo.
Digo isto, não porque acredito que um governo do Passos Coelho fosse melhor que o do Sócrates, seria certamente a mesma porcaria ou pior ainda, mas pelo menos que se acabe com este espectáculo degradante de ver alguém afirmar todas as suas virtudes, qualidades e capacidades mas depois recusar assumi-las. Que fique demonstrado de vez que o mal não são (só) as pessoas mas sim as politicas e as soluções que defendem.

1 comentário:

  1. Ainda não está no tempo das colheitas. Tudo tem o seu tempo de maturação. É a política necrófaga!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo