sexta-feira, fevereiro 11, 2011

Paralamentar parlamentarices


Hoje o Francisco Louça surpreendeu toda a gente ao anunciar que vai apresentar uma moção de censura ao governo dos socretinos, sobretudo depois de ainda há poucos dias o ter considerado isso como algo sem sentido e por se recusar a dar a mão à direita. Realmente correr com este governo é importante, mas mais importante era encontrar uma alternativa de poder à esquerda. Retirar de lá o Sócrates para dar ao Passos Coelho não me parece que vá melhorar a vida dos portugueses. Que esperança pode isso dar aos desempregados, aos trabalhadores precários, aos reformados, aos trabalhadores e aqueles que pouco ou nata têm?
Se a esquerda não estivesse tão preocupada e tão bem instalada no seu quintalzinho, se estivesse realmente preocupada com as condições de vida dos portugueses e em travar a destruição do estado social, teria de ser capaz de se entender na criação de uma grande força eleitoral de esquerda que fosse uma verdadeira alternativa de poder e de governação deste país. É assim tão difícil potenciar o que os une em detrimento do que os divide em nome dos portugueses.

2 comentários:

  1. Louça está a tornar-se no Portas da esquerda!

    ResponderEliminar
  2. Mas estes gajos (Louçã e Jerónimo) não vêm que se não houver uma acção conjunta das esquerdas nunca vão tirar o poder à direita. Esta moção de censura serve única e simplesmente para marcar posição face ao PCP, para mais nada serve. O caviar do pequeno-almoço estava estragado.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo