domingo, março 13, 2011

Homossexualidade defeituosa



O bastonário da Ordem dos Médicos, José Manuel Silva, considera "normal" a publicação na Revista da Ordem de um artigo de opinião que trata os homossexuais como "doentes", "defeituosos", "anormais", "portadores de taras", com "condutas repugnantes", "higiene degradante" e que requerem "correcção", considerando tratar-se de um direito que não pode ser censurado em democracia.

Repugnante é um artigo destes ser publicado numa revista de médicos, logo aqueles que conhecem o corpo humano e o seu funcionamento e por isso muito mais bem habilitados para dar uma explicação cientifica para a homossexualidade e não publicar opiniões perfeitamente ofensivas e desligadas da realidade. Anormal é que o Bastonário o considere como normal a sua publicação, por considerar isso como um direito que não pode censurar.

7 comentários:

  1. Anormal é considerarem a homossexualidade uma coisa normal. O homossexual é um doente e tem que ser tratado e não se resolve o seu problema via diário da república. Combater a discriminação de que têm sido alvo legalizando a sua situação? E quantas discriminações há nesta sociedade? Quantos não são discriminados? Os que são muito baixos, o "caixa de óculos", os invisuais, um tipo até é diferenciado se não tiver um cêntimo no bolso. E como é que se resolvem essas questões sociais? Através do diário da república? Não gozem comigo... nem venham disfarçados de ingénuos indivíduos que trazem este tema para blogues porque consideram isto uma questão política e...quem é de esquerda é a favor dos homossexuais! Ao que isto chegou...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo 15:40
    A questão é a homossexualidade ser descriminada e vista como uma doença ou uma anormalidade. Um médico tem a obrigação de o saber e não ser preconceituoso em relação à sexualidade de ninguém. Não é um assunto de esquerda nem de direita pois há muita gente de todos os quadrantes politicas que não é heterossexual. Querer politizar isto é estúpido e desonesto. Todos têm direito à dignidade e a não serem descriminados.

    ResponderEliminar
  3. Remeto para o primeiro comentário. As discriminações são de múltipla ordem na nossa sociedade como todos sabemos.

    ResponderEliminar
  4. Fosca-se!Ao quisto chegou.Axo q os omenssexuais não deveriam ser discriminados mas,isto sou eu,que sou de esquerda e,se eles/elas gostam é de seu foro privado.Conheço fufas e paneleirose,tudo bem.Pq os cabrões de direita são mesmo filhos da puta!Olha o eurico de melo,....

    ResponderEliminar
  5. Os anónimos da direita são mesmo asquerosos.penso q os homossexuais se fossem politicamente lógicos jamais votariam onde um atrasado mental q representa os médicos!
    Foda-se!O Karl tinha razão!

    ResponderEliminar
  6. João Carlos16/3/11 04:33

    Claro que comportamentos contranatura são anormais, independentemente dos problemas que condicionam essa anormalidade. A graxa que certos partidos, principalmente a auto-proclamada esquerda tem dado aos verdadeiros lobbies desses movimentos é vergonhosa. O cúmulo dessa vergonha foi este governo incompetente e demagogo ter legislado a união de uma parelha como "casamento", que nunca o será pois, não envolve um casal, penso que o termo correcto será CAGAMENTO, por motivos óbvios.

    ResponderEliminar
  7. Encontrei esse post falando sobre homossexualidade e religião. Vale a pena:

    http://aliencronicas.blogspot.com/2011/03/um-caso-de-diferencas.html

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo