sábado, março 26, 2011

A vergonha continua


Ainda o governo não foi demitido e já o Passos Coelho foi ao beija mão da Frau Merkel e anuncia e defende aquilo que ainda ontem criticava; o aumento de impostos, com o IVA a poder subir para 24 ou 25 por cento. Só falta saber se, mal seja governo, (se o chegar a ser), vão chamar às suas medidas de austeridade PEC 5 ou PEC 1 DS (depois de Sócrates). Mudam-se as moscas, mas não se muda o que cheira mal.

4 comentários:

  1. E vamos lá ver se o Sócrates não volta ao poleiro e re-apresenta o PEC 4, versão reloaded.

    Saudações do Zé Marreta.

    ResponderEliminar
  2. e já que a velhota aparebtemente é a tal de Merkelli o gajo ó lado é quien?

    leyendas se necessitan

    ou isso ou filactérias

    ResponderEliminar
  3. Louva a greve:
    É o Sr BCE do dinheiro, o Trichet.
    abraço

    ResponderEliminar
  4. http://senhoresdomundo.blogspot.com/2010/05/ditadura-do-rating-capitalista.html

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo