segunda-feira, maio 02, 2011

Uma dentada azeda


Depois d0 acórdão do TC, que inviabiliza a suspensão da avaliação de desempenho dos professores o Mário Nogueira veio dizer que iria pedir a todos os partidos que clarificassem a sua posição sobre a avaliação para assim poder ajudar os professores a escolher o seu sentido de voto no próximo dia 5 de Junho. Acredito que o Mário Nogueira possa estar triste e desiludido pelo chumbo do Tribunal Constitucional, mas custa entender que queira fazer com que os professores condicionem o seu voto só ao apoio ou recusa à avaliação. Num momento em que se atacam os direitos do trabalho, o estado social e a própria dignidade como cidadãos reduzir a opção de voto de uma classe profissional a um problema laboral parece-me demasiado redutor e mostra uma total falta de responsabilidade política.

5 comentários:

  1. Anónimo2/5/11 08:51

    O quê?????????
    Ainda não fizeste um boneco a dizer mal do Obama e bem do santo do Bin Laden???

    ResponderEliminar
  2. Anónimo2/5/11 10:17

    Pela manhã soube-se que Bin Laden
    morreu, finalmente, às mãos dos americanos!
    Para quando a PUNIÇÃO aos vários bin laden que neste País praticaram
    o "terrorismo" que nos colocou
    nesta miséria???

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  3. Anónimo2/5/11 11:46

    Fantástico boneco. Realmente, esse senhor, ficou cego de raiva, e nem pensa. Acontece a quem tudo quer, tudo perde...

    ResponderEliminar
  4. Anónimo3/5/11 19:27

    Ainda há quem se regozije com a destruição da educação em Portugal.

    ResponderEliminar
  5. Já lá vão 2500 milhões de euros para os boys e amigos construtores da Empresa Parque Escolar.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo