quarta-feira, junho 15, 2011

A atração do poder

A conferência anual de Bilderberg, em que Pinto Balsemão é o único português com estatuto de membro permanente, começou ontem e decorre até domingo em St. Moriz, na Suíça.
Quem vai segue as regras: não fala sobre o convite, o local, a agenda, as expectativas, sobre nada. "Faz parte do protocolo, não faço qualquer comentário." Esta foi a única frase que Clara Ferreira Alves aceitou dizer ao DN sobre a sua participação no restrito clube que se reúne uma vez por ano juntando algumas das pessoas mais influentes a nível mundial entre chefes de Estado e de Governo e outros dirigentes políticos, líderes de empresas, banqueiros.
Por indicação de Pinto Balsemão, a jornalista do Expresso e o economista António Nogueira Leite foram os dois portugueses convidados este ano a conviver de perto com o exclusivo grupo que muitos classificam de secreto e a quem atribuem um forte poder. Como uma espécie de "mão invisível" que controla e orienta decisões-chave em momentos chave, pelo mundo fora.

A Clara Ferreira Alves foi convidada para ir à reunião dos Bilderberg? Porquê? Talvez por razões que a razão desconhece, ou então por outra qualquer.

3 comentários:

  1. Não sabia que as empresas de Escort contratavam trambolhos destes, a crise não perdoa.

    ResponderEliminar
  2. Também não entendo Kaos!
    Mas eu sou loira...

    ResponderEliminar
  3. Adorei! Adorei!
    Pela mão de Mário Soares chegou ao clube de todos os clubes.

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo