sexta-feira, julho 08, 2011

Um murro no estômago


"Um murro no estômago" do Passos Coelho. Um coro de vozes portuguesas e europeias sobre a injustiça do corte ao rating da divida portuguesa para o nível de lixo. Comentadores todos chamados de urgência para vir elogiar as medidas do governo e apontar o novo inimigo de Portugal Moody´s. Contra a Moody´s, marchar marchar.
As agências são as mesmas que há muito anda a atacar Portugal, como atacou a Grécia e muito possivelmente se prepara para atacar a Espanha. São as mesmas que atacaram durante o Reino dos Sócretinos, com a única diferença que o Cavaco já critica os mercados, os sacrifícios já podem ser exigidos aos portugueses a a comunicação social está mobilizada. Como é possível que um país que se comprometeu a cumprir o programa de austeridade, a vender todos os seus últimos anéis e a entregar a sua alma ao liberalismo seja tratado desta maneira? A resposta é fácil, é que lhes estamos a estender a toalha com a pouca carne que ainda temos nos ossos e eles fazem aquilo que é natural os abutres fazerem, vêm jantar.
Podem diabolizar as agências de rating que elas continuam a ser o que são , o que temos de combater é aquilo que servem, o capitalismo selvagem e a especulação financeira global.

8 comentários:

  1. doris dias8/7/11 01:08

    Não foste o único a levar um murro no estômago pois acompanham-te mais 10 milhões de Portugueses !!!

    ResponderEliminar
  2. Curioso, porque eu não senti nada. Estas agências são o que são e servem o capitalismo. De que se queixam os nossos capitalistas?

    ResponderEliminar
  3. Eis a forma como o capitalismo nacional e internacional manobra a nossa opinião e aponta-nos o inimigo.

    Por momentos (dias) deixou-se de falar no essencial - fome, desemprego, precariedade, miséria, privatizações e afins, num 1º ministro aldrabão (já não nos chegou o outro), etc..
    A malta é mesmo manobrável, gosta de o ser, adora ser enganada.
    Claro, o sistema agradece, o capitalismo e o neo-liberalismo esfregam as mãos de contentes, até o "dono" do BCE vem afirmar que "....Portugal está a cumprir escrupulosamente as medidas impostas (leram bem impostas) por nós e pelo FMI, não há razão para a Moody's vir com cortes no rating, blá, blá, blá...."

    Estou-me cagando para as Moodys do universo todo que são senhores à força e mandadores sem lei, interessa-me isso sim o meu país, o meu Povo, suas dificuldades e lutas diárias. As Moody's que se fodam.

    ResponderEliminar
  4. Só falta o pontapé nos tomates..

    ResponderEliminar
  5. Não é um murro no estomago que ele merecia,ele merece é um pontapé no cu e ir fazer companhia ao enginheiro.

    ResponderEliminar
  6. Anónimo8/7/11 20:43

    O Capitalismo,tout court!!!

    ResponderEliminar
  7. Anónimo8/7/11 21:55

    Moody's, o mensageiro do capitalismo selvagem:

    e se eles querem um dólar ou um eurozinho
    nós pimba, nós pimba
    e se eles querem muita amizade e muito carinho
    nós pimba, nós pimba
    e se eles querem um empréstimo à maneira
    nós pimba, nós pimba
    e se eles querem ao Belmiro compradeira
    nós pimba, nós pimba

    ResponderEliminar
  8. Não é preciso usar palavrões para mostrar o n/descontentamento mas... que apetece dizê-los, é um facto.
    Irra! Quando é que os portugueses aprendem que os políticos entram, saem, mudam para melhor saltando entre lugares importantes em companhias ou bancos e aposentam-se sempre na maior? Será muito difícil de ver isso? E quem se lixa? Sempre o Zé Povinho!
    Apesar de também ter um blog de política, já cheguei à conclusão que os blogs apenas servem para a gente se entreter e nada mais; não conduzem a lado algum.
    A gente vem para aqui, comenta umas coisas, outros vão para os n/blogs e comentam outras mas a m..... é sempre a mesma!
    Tal como o futebol, distrái e ajuda a relaxar!
    Já perdi a esperança de melhoras para Portugal, infelizmente!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo