segunda-feira, setembro 26, 2011

Para o oportunismo nunca há crise


Pedro Passos Coelho estreou-se o no debate da Assembleia Geral das Nações Unidas, em Nova Iorque, com um discurso em que se referiu à crise nacional como uma oportunidade. “Encaramos a crise como uma oportunidade para a adaptação do nosso modelo económico e para o fortalecimento da economia portuguesa”.

Hoje já vou dormir muito melhor porque afinal a crise e os sacrifícios a que todos estamos a ser sujeitos não é uma coisa má, afinal é uma oportunidade. Só me custa entender como se pensa fortalecer aquilo que se está a destruir, como se pensa que em 2015 ainda vai haver economia portuguesa, quanto mais modelo económico.

1 comentário:

  1. Quem estiver disposto a ouvir o Ignóbil fica aqui a ligação... ATENÇÃO que é preciso estar com o estômago vazio pois caso contrário... há vómitos!

    É preciso ter lata para falar da Líbia... mais um que apoia descaradamente os Terroristas Ocidentais

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo