segunda-feira, setembro 05, 2011

Tenham misericórdia deles

“Confirmo que aceitei”, disse à Lusa Pedro Santana Lopes sobre o convite que o Ministério da Solidariedade e Segurança Social lhe fez para ser provedor da Santa Casa da Misericórdia. O ex-primeiro-ministro vai, no entanto, continuar em funções na Câmara Municipal de Lisboa.
"Não há nada a dizer, a não ser registar com agrado que um ex-primeiro-ministro aceita exercer uma função importante na sociedade portuguesa que é ser provedor da SCML. É um gesto de humildade, ainda para mais prescindindo do vencimento a que teria direito", afirmou o secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, Marco António Costa.

Santana Lopes seria a última pessoa de quem me lembraria para Provedor da Santa Casa da Misericórdia mas bastou ele ameaçar que talvez necessitasse de criar um novo partido e sabendo como consegue ser uma pedra no sapato de todos os ex-lideres do PSD, para lhe arranjarem um dos melhores tachos do país. Não pelo ordenado, que nem vai receber, mas pelas mordomias e pelos milhões que vai ter sob a sua responsabilidade.
Falta saber se foi o misecordioso foi o Passos Coelho, que teve pena de um ex-lider que vive com as dificuldades de ser só um vereador nja CML, ou se estava a pedir mesiricórdia ao Santana Lopes para não o arrasar na praça pública...e quando o PSD for a votos para a liderança.


1 comentário:

  1. piedade, senhor, que eu sou um tratante, um coitado, que aquase não tem já eira nem beira, deitadas ao desbarato

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo