terça-feira, outubro 11, 2011

Os tanques do medo


Enquanto a crise da dívida Europeia continua com a possibilidade de a Grécia ficar sem dinheiro em questão de semanas, e com o sistema bancário europeu a entrar em colapso, a Grécia parece ter tomador uma decisão importante para enfrentar o futuro imediato: comprar 400 tanques aos EUA no valor de "dezenas de milhões de dólares.
O número dois do governo de Papandreou, Theodoros Pangalos, afirmou que "se deixamos o euro, os bancos teriam de ser defendidos com tanques"
[Traduzido daqui que na comunicação social portuguesa não se encontra nada]

Hoje lá, amanhã pode ser cá. Esta parece ser uma boa resposta para aqueles que falam em austeridade e em sacrifícios. A mentira fica bem demonstrada quando não há dinheiro para os cidadãos mas não falta para comprar armas para combater o seu próprio povo. Lá como cá vivemos a mentira e a subjugação aos grandes interesses económicos a à especulação financeira, presos a uma divida que não contraímos e a um futuro de miséria que nos querem impor.
Se a mentira existe e se subsiste é porque o sistema a esconde a verdade que o desmascararia. Todos os que nele participam e o não denunciam são colaboradores e não podemos contar com eles. Só os povos, mostrando a sua indignação e exigindo uma democracia verdadeira onde todos sejamos parte integrante das decisões que a todos nos afectam, podem fazer a mudança. No dia 15 de Outubro por todo o mundo e também cá pelo jardim milhares de manifestações e protestos vão encher as ruas de centenas de cidades. No próximo sábado vamos todos encontrar-nos no Marques de Pombal e vamos desfilar até aquela que devia ser a casa da democracia, a Assembleia da Republica. A presença de todos é importante demais para que alguém fique em casa. É o futuro de todos que está em causa.

4 comentários:

  1. Os (des)governantes gregos são como calhaus!!! Então se vão à falência como compram depois o gasóleo para os tanques?!? É que no mercado do fiado já não têm hipótese!!!

    ResponderEliminar
  2. Estes tanques não andam a gasóleo. Os motores dos M1A1 são turbinas... lol

    ResponderEliminar
  3. Anónimo... isso é o menos relevante!!!

    Mas para que fiques a saber... este motor é multi-fuel!!! Logo também "bebe" gasóleo, além de gasolina e jet-fuel... só falta mesmo andar a mijo!

    ResponderEliminar
  4. Mesmo que as dezenas chegem às 20
    dezenas = dois centos de milhões

    fica a 500 mil o tanque...

    tendo em conta o custo de cada Leopard II que nós comprámos

    ou são de papel...ou foi um bom negócio

    quando os gregos voltarem ao dracma
    vão dar um jeitão
    assi é mais fácil ajustar o nível de vida aos tempos dos coronéis

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo