segunda-feira, dezembro 12, 2011

É entrar! É entrar, que o aldrabão sou eu



«Francisco José Viegas acredita que apesar da subida do IVA nos espectáculos em 2012, de 6% para 13%, o sector não vai sentir uma quebra da procura. “Acreditamos que vamos conseguir manter públicos na cultura e em alguns casos aumentar, precisamente porque as pessoas fazem opções”, disse o secretário de Estado.

Esta gente é parva e acredita mesmo naquilo que diz ou mente com todos os dentes porque não sabe o que dizer? É que ninguém que não seja minimamente atrasado mental consegue ver que com a redução de salários, aumento de impostos e de preços dos bens essenciais, mais a precariedade e o desemprego e em milhões de casas pobreza e até fome, as pessoas a primeira coisa que vão deixar é o supérfluo, aquilo que não é essencial à sobrevivência do dia a dia. Os cinemas, teatros e outros espectáculos vão certamente ressentir-se e muito. O Secretário de Estado sabe-o e por isso mente.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo