quarta-feira, dezembro 14, 2011

Taxas moderadoras da vida


Afinal o Ministro Paulo Macedo, quando nos informou que as Taxas Moderadoras iam duplicar, um aumento de 100%, ou não sabia ou se "esqueceu" de dizer que algumas, como no caso das consultas nos Hospitais Distritais, iam triplicar de preço. Mas, como disse o Primeiro-Ministro Passos Coelho, ainda estamos "muito longe de esgotar o 'plafond' de crescimento das taxas moderadoras" para aplicar no Serviço Nacional de Saúde.
Já nem ser colocar em causa a saúde e a vida das pessoas faz esta gente ter consciência e parar. A sua agenda neo-liberal de preparar o terreno para a privatização da saúde e os "negócios" assim o exigem. Criam a miséria de um lado para diminuir na despesa e aumentam as taxas do outro para aumentar as receitas. As pessoas, essas são um empecilho do lado dos problemas e lucro do lado das vantagens.
Isto não se faz quando é daquilo que pode fazer a diferença entre viver e morrer.


3 comentários:

  1. Excelente boneco.

    Mais uma vez vou dizendo, enquanto o pessoal se vai entretendo com o €uro, a Merkel, etc., os gajos vão-nos indo ao rabo.
    Claro, sabendo que a burguesia urbana tem os seus segurozitos de saúde, as suas acções em bolsa, os seus PPR'S e por aí fora, sabendo isso, não estão muito interessados em falar nestas odiosas medidas, que afectam as massas trabalhadoras a partir dos 650€/mês.
    Mais grave, é a passividade do pessoal, parecendo que tudo o que nos está a acontecer é o DESTINO. Merda pró destino.

    ResponderEliminar
  2. Para esta gentinha o assassinato parece legítimo.

    Um abraço,
    mário

    ResponderEliminar
  3. é a continuação do fim da escravatura nacional. quando acabarem os escravos pela fome pela miséria pela morte quero ver onde vão buscar os €uros para as mordomias e as boas reformas ou os assaltos a bancos e a ourivesarias é algum governo paralelo do crime a trabalhar para garantir o futuro do eleito?

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo