terça-feira, março 27, 2012

O Fado consumado


O Presidente da República comentou os incidentes ocorridos durante a greve geral do passado dia 22, em Lisboa, lamentando os casos e defendendo esclarecimentos. «Lamento profundamente que dois fotojornalistas tenham sido atingidos durante os distúrbios a que as forças de segurança tiveram que fazer face», declarou Cavaco Silva.

Mais um que só lamenta a agressão policial aos fotojornalistas esquecendo todos os outros que pacificamente se manifestavam, passeavam ou simplesmente bebiam qualquer coisa nas esplanadas do local. Mais um que antes de saber o que se passou, ou sabendo porque presenciado pelos média, que o digam os tais jornalistas agredidos, prefere aguardar mais um inquérito que como tantos outros acabará em nada mas apontando já a culpa a distúrbios que obrigaram as forças de segurança a agir. Já acusou, julgou e condenou.
Que fica então para ser inquirido no tal inquérito? Os fotojornalistas.

13 comentários:

  1. dvazchaves@gmail.com27/3/12 16:03

    http://expresso.sapo.pt/as-imagens-que-antecederam-a-carga-policial=f714083

    Isto é, manifestação pacifica, passeio ou beber qualquer coisa nas esplanadas do local?!... É PRECISO FALAR VERDADE.

    ResponderEliminar
  2. dvazchaves

    Também já vi essas imagens e são erróneas no texto que as acompanha pois foram tiradas após a primeira carga policial (coletes amarelos) e antes da segunda pelos policias com armadura. Eu sei porque estva no local a participar pacificamente na manifestação. Não podemos acreditar em tudo o que lemos sobretudo numa comunicação social paga por quem manda no governo.
    A VERDADE NEM SEMPRE É AQUILO QUE NOS QUEREM FAZER ACREDITAR.

    ResponderEliminar
  3. estava? velhotes havia poucos

    adevia ter vindo para as obras ali da igreja que tinha uma vista previlegiada

    gente do sis e paga pelo sis nos manifestantes já é normal desde que apanharam aquele que andava em direito...e por acaso quem o denunciou tamém arrecebia do sis

    se calhar adeviamos extinguir o sis

    a verdade é sempre cheia de cambiantes

    houve provocação ...yes

    foi pacífica ...nã

    a polícia ia ser bruta...táva-se a ver que ia...

    os relatórios do sis foram excessivos ...yes

    quem manda no governo?

    bolas isso mandam tantos

    no ministério da inducação mandam os sindicatos mandam os directores mandam as editoras

    acho que o ministro é o que manda menos

    no governo mandam as autarquias os funcionários os reformados acima dos 500 eurros os militares
    a polícia o pessoal dos tribunais

    a questão é se o governo manda em alguma coisa além dos sacos azuis para os partidos

    aqui a câmara tamém tem quem mande nela e sã tantes...

    ResponderEliminar
  4. E chamar carga aquilo27/3/12 22:00

    com o cadeirame todo no chão...

    foram carguinhas e caguinchas

    iste nem ao tempo das cargas cavaquistas chegam

    quanto mais às soaristas contra o pessoal da marinha grandis e afins

    a carga dos caulinos issé que foi uma carga...1 morto e 30 por terra
    (um todo partidinho e com 200 de reforma por invalidez)

    ResponderEliminar
  5. dvazchaves
    Neste video vê-se bem quem como as coisas se passaram e a altura em que foram tiradas as imagens do Expresso

    http://5dias.net/2012/03/28/imagens-nao-editadas-da-carga-policial-do-chiado-nem-infiltrados-nem-provocadores-a-policia-teve-ordem-para-atacar/

    ResponderEliminar
  6. Kaos, não ligues que que isto é malta do sis ou outra org.gov,a tentar destabilizar.Seja como for em portugal , não se justifica a violencia gratuita por parte das policias.Já ninguém se recorda da ponte 25 de abril , ou das cargas contra os funcionários públicos.Isto é proprio dos governos que não sabem dialogar, só reprimir.Mas como todos os fascizóides,hão-de cair....

    ResponderEliminar
  7. Ou dos secos e molhados!
    Curiosidade,havia sempre governo PSD r cavaco.

    ResponderEliminar
  8. do Sis? só se for do IEFP29/3/12 03:57

    do sis devia ser aquele barbudo que estava em cima da entrada do metro a fazer pontaria

    de resto uns dos fotojornalistas apanhados estava a fotografar quando aquele pândego tentou tirar a cadeira do Fernando Pessoa ao chão...os da CGTP vem da margem sul

    mas os do BE parece que nunca foram ao chiado...

    http://youtu.be/rGBuh-B4VLI

    tamém nã fui yo que gamei aquele croissant recheado...

    e só tentei salvá-lo para oferecê-lo ós sem abrigo que ficaram ao relento depois dos pedintes romenos terem ido para a Moita...

    e fartámo-nos de esperar porque a 1ªbarcaça encheu logo

    pró próximo quero um galão antes de virarem as mesas...

    aqui quando gritamos morte à bófia nã lhes chamamos fascistas parece mal

    aqui é o berço do 1º sindicato da poliça e é tudo gajada da intersindical

    filhos de carteiros e de pessoal da Lisnave e dos amoníacos

    resumindo: polícias que votam no PCP...25% como de resto a maralha aqui do deserto...

    o bloco tamém tinha quase 18% mas era mais profes oficiais da poliça reformados até uns capitões do copcon e fp-25 mas tá tudo com 70 e tantos...e 80's

    ResponderEliminar
  9. oh sis sis sis....ter29/3/12 04:05

    curiosamente a GNR sempre foi mais do P.S.

    e só os oficiais superiores como o Fuzeta da Ponte e os médicos e advogados (outro Fuzeta da Ponte eram do CDS)

    mas os correios e a PSP e o corpo de intervenção e metade dos do Trânsito é tudo PCP's...até Aos sub-chefes

    curiosamente o pessoal que falhou o 9º ano e anda no gamanço raramente vota...antes votavam Mata o Cáceres que era da profissão assis como nosso Sokras...

    aqui a PSP atirou-se de 1978-2010 a todas as manifes e bloqueios de estrada

    de 1975 a 1976 foi mais a GNR a meter-se ao barulho

    o último que mataram em 81 era psicólogo ou psiquiatra do PSD....
    nã parou num bloqueio de estrada

    ResponderEliminar
  10. das cargas contra os poliças29/3/12 04:11

    na praceta do D.josé

    era quase tudo comunas da margem sud
    de Almada vieram 80....do barreiro quase 300...inda nã havia fertagus

    tá quase tudo na reforma...
    uns dois suicidaram-se...
    um o ano passado

    outro matou a mulher...era ribatejano..apareceu no jornal

    6 estão nas mesmas casas onde nasceram a pagar 600$ de renda

    agora pagam 57 euros ao mês...

    chamar fascizóides ao corpo de intervenção da PSP que ganha uns trocos em gratificados
    é...

    ResponderEliminar
  11. quem manda são champalimouds mellos belmiros sottosmayores eduardo dos santos e mais uns poucos os mesmos de antigamente a diferença de agora é que podemos falar mas quando um gajo é apanhado na curva leva na tromba dos bófias como antigamente até isso continua pois pides e xibos há por ai farturinha disso. A coisa não mudou muito não

    ResponderEliminar
  12. Anónimo Anónimo disse...pides e xibos Anónimo Anónimo ...há por ai

    atão não...champalimaud's tã extintos há uns herdeiros que foram assaltados pelas máfias de leste
    logo nã mandam em nada
    têm apenas dinheiro

    Mellos sã os mesmos
    o Belmiro nã existia no antigo regime
    Assis como o mário soares só tinham uns trocos

    diga-se que o Belmiro com muito menos
    demorou uns anos a ultrapassar o soaristão

    A coisa não mudou muito não
    ó bufo anónimo a coisa nunca muda muito
    esteja no poder o ceausescu ou o bettino craxi...

    e mais vale um coelho eleito para a matança
    que um Jean Bedel Bokassa que nos trinca os tintins...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo