terça-feira, março 13, 2012

O rumo do Pina Moura


«Joaquim Pina Moura disse acreditar que o país já ultrapassou o pior da desorientação da política económica. "Goste-se ou não se goste é preciso reconhecer que temos com este Governo um rumo no sentido nacional", concluiu o economista e político cada vez mais afastado das suas origens comunistas.»

Um trajecto de fazer inveja a qualquer trafulha. De delfim do Cunhal passando por Ministro do Partido Socialista para administrador da espanhola Iberdrola. Um trajecto, um rumo e muitos milhões de euros de recompensa. Ele tem um rumo, o país duvido.

10 comentários:

  1. Conheci muito bem esta encomenda, na juventude comunista, também eu andava por lá, era stalinista até às costuras, quem os viu e quem os vê, tem mais, quanto ao delfim, nao acredito muito, delfim eram quase todos, atenção que admiro e admirei muito o Doutor Alvaro Cunhal, estes gajos não, oportunistas até se orientarem.

    ResponderEliminar
  2. pois pelo menos há um secretário a menos e outro a mais

    é o parto governamental dos 9 meses

    ResponderEliminar
  3. Isté tude dottores13/3/12 02:13

    Doutor Alvaro Cunhal
    Doutor Alvaro
    Doutor Soares
    felizmente o Octávio Pato era só regente agrícola
    e o Jerónimo é só deputado há 37 anos...
    quisto de ter dottores dá mau resultado

    ResponderEliminar
  4. ´Ó anónimo 13/3/12 02:13 Se fechasses a boca fazias melhor figura.Contigo ou entra mosca ou sai merda!!

    ResponderEliminar
  5. Mas que é estranho é, num partido de operários e camponeses, o grupo parlamentar do PCP só tem dois operários - Jerónimo e Chico Lopes, os restantes são todos doutores. Sinais dos tempos, ou a viragem à burguesia urbana?

    ResponderEliminar
  6. O poder do dinheiro é que traça o destino "político" de muitos!
    As ideologias ficam-se pelo caminho como se tem visto!...
    NOJEIRA COMPLETA!...

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  7. Essa corja safa-se sempre. Aproveita a melhor oportunidade pra meter a cabeça. Gere a sua vida, consosante os seus interesses pessoais, viram-se pra aonde há euros e lucro fácil. Ainda dizem que há crise. A crise é uma palavra comum no vocabulário do Zé povinho, porque da boca dos TUBARÕES não se vislumbra tal ideia. São os mesmos a mamar, a sugar na teta do regime. Já não basta!...

    ResponderEliminar
  8. O culpado é o Salazar, e mais não digo. Fica para o meu círculo de amigos.

    ResponderEliminar
  9. mIGUEL, VAI MAMAR NA QUINTA PATA DE UM CAVALO!!

    ResponderEliminar
  10. Uma vergonha! Como o António Barreto. Até metem nojo!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo