sexta-feira, abril 27, 2012

Prepotência e estupidez

  

Depois da alegria de ontem ao ver o regresso do Es.col.a à Fontinha, hoje é a indignação de ver os funcionários da Câmara do Porto a partir vidros, arrancar sanitas, fios eléctricos e portas, tudo destruindo para finalmente emparedarem aquele espaço onde ainda há poucos dias se ensinava, se educava, se ajudava, se ria, se cantava, se sonhava e se construíam cidadãos de corpo inteiro para o futuro. Ali se aprendiam e se viviam novas formas de relacionamento, de partilha, de solidariedade. Ali se mostrava que o dinheiro não vale mais que a pessoa humana. O espaço hoje está desabitado. fechado, entaipado. Hoje nada lá acontece e procurou garantir-se que mais nada se passará. Agora só servirá como casa de ratos e monumento à estupidez de um Rui Rio, orgulhoso da sua prepotência.
Conheço alguma daquela gente que fez da Fontinha um espaço de Liberdade e por isso sei que a história da Fontinha ainda não chegou ao fim.

10 comentários:

  1. Quando é que bandidos deste quilate começam a levar tiros nos cornos?

    ResponderEliminar
  2. Concordo plenamente com Rui Rio.
    Aquilo tem de voltar a ser o Centro de Dia, dos Drogados ali na Zona.

    Afinal vale mais um parazita-criminoso-toxicodependente, do que um jovem culto, e ocupado com algo util, para ele e para a sociedade.

    ResponderEliminar
  3. Tudo isto (e ainda agora começou) é a ofensiva do sistema para (tentar) calar, humilhar e destruir tudo que seja fora do mesmo, tudo o que seja da LIVRE iniciativa popular. O sistema não convive nem nunca conviveu com quem é LIVRE de verdade, com quem o ataca, com quem o encara. Agora, tal como no fascismo, a atitude dos mandantes é igual, sempre com a complacência de quem come e vegeta à sua volta.

    ResponderEliminar
  4. Estupidez leva pelo menos um S

    ResponderEliminar
  5. Mas a isto não se chama estupidez, chama-se ser PORCO!!

    ResponderEliminar
  6. Este gajo faz-me lembrar a cena do guterres e o casal ventoso,em que taparam aquela merda toda com lásticos pretos por causa da expo98.Vivemos num país lindo, habitado por provincianos e governado por abortos!

    ResponderEliminar
  7. Faz lembrar "gajos" de outros tempos!
    Estamos a voltar a eles e não passaram 48 anos, ainda faltam 10!

    Zé de Aveiro

    ResponderEliminar
  8. ai, mas que bem... e esse bronco merecia assim uma estátua !

    ResponderEliminar
  9. Prepotência e Estupidez!
    Sem sombra de dúvida. :((
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Bem inspirado no conto "O Passa Paredes" de Marcel Aymé (Com estátua em Montmartre)...Mas o personagem Dutilleu ficou preso e este Rio está solto...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo