quarta-feira, junho 20, 2012

Proposta mal cheirosa


O economista Miguel Cadilhe sugeriu hoje a criação de um novo imposto este ano em cerca de 4,0 por cento da riqueza do país e pago por todos os portugueses de uma só vez.
O ex-ministro das Finanças,Miguel Cadilhe, que se dirigia ao Governo e ao parlamento num seminário sobre um ano de programa de assistência financeira a Portugal a decorrer no senado da Assembleia da República, sugeriu hoje a criação de um novo imposto de 4,0 por cento sobre a riqueza líquida em 'one shot' [de uma só vez]», classificando-o como um «tributo de solidariedade» dos portugueses.

Como não gosto de ser mal educado e o que me apetecia era mandar este gajo à merda escolhi este boneco para não ter de o dizer por escrito. É que daquela cabecinha só sai mesmo bosta e da mais mal cheirosa. Certamente que para ele contribuir com 4% de tudo aquilo que ganha não lhe causaria grandes problemas, não o faria perder a casa nem fazer a sua família passar fome, mas para quem já vive com a corda no pescoço seria apertar ainda mais o nó. Que se lixe a boa educação, afinal sempre o vou mandar à merda. Vá à merda Sr. Cadilhe

10 comentários:

  1. Por falar na cuja dita, veja-se esta exemplo vergonhoso e ofensivo:

    http://www.youtube.com/watch?v=JW4bF6Mn_Zc&feature=youtu.be

    denunciado em http://joaotilly.weblog.com.pt/

    ResponderEliminar
  2. Jornal Publico

    ... "Contudo, o ex-governante defende que nem as famílias de menores rendimentos nem as pequenas empresas deveriam ser chamadas a pagar este imposto solidário."

    Kaos, agora defendes os ricos?

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que ele não sabe ler, ou então só lê até onde lhe interessa.

    Então o homem está a dizer que este imposto é para gajos ricos e tu estás a mandar o gajo à merda. Que fascizóide mal educado estás a ficar. Depois queixa-te dos insultos que por aqui defecam os teus comentadores favoritos...

    ResponderEliminar
  4. Era mais um saque à classe média. Os políticos laranjas gostam muito de dizer que a classe média é "os ricos", como forma de agradar aos seus votantes do lumpen-proletariado.

    ResponderEliminar
  5. Como as coisas estão bem se pode considerar que a classe média é uma classe rica... os outros bem mais ricos são os milionários!

    ResponderEliminar
  6. Edgar Cardoso,

    Esse vídeo é um HINO à IGNORÂNCIA e PREGUIÇA MENTAL das audiências televisivas dos Estados Unidos.

    ResponderEliminar
  7. E os Dias Loureiros e os Isaltinos e os Oliveiras e Costa e os Cavacos e esses ladrões todos ficariam isentos? Só pode...

    ResponderEliminar
  8. Anónimo da 11:03
    Não é para os ricos, é sobre a riqueza do país e mesmo que tentem esconder-se sob o velho discurso que os mais pobrezinhos ficavam isentos todos sabemos que para esta cambada quem ganha 600 euros já é milionário. Destrioem a economia e a riqueza do país, com isso reduzem as receitas fiscais e depois compensam isso com mais e mais e amis e amis impostos. Grande governo e grande politica esta a desta cambada toda que se encheu durante anos, ganha centenas de milhares por ano e continua a atirar sobre todo um país as culpas dás suas politicas.

    ResponderEliminar
  9. esse gajo até na sacreta usa a medalha, pôrra !

    ResponderEliminar
  10. Acho sinceramente que este homem, licenciado, mestrado, doutorado em economiaaaaaa, ganhava mais se não fizesse afirmações tresloucadas e descontextualizadas num cenário macroeconómico de pura crise financeira. Cala-te Homem!Afirmações deste teor hipócrita deveriam ser taxadas não a 4%, mas a 100%, porque é inadmissível dizer-se tal barbaridade...Bolas com tanto miar!...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo