sexta-feira, julho 13, 2012

Há merda na ventoinha


O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, garantiu no debate sobre o Estado da Nação que o Governo "não está nesta altura a preparar qualquer aumento de impostos" e que recusa "pôr porcaria na ventoinha para assustar os portugueses".

Se não fosse tão triste até dava vontade de rir. Com o descalabro das contas públicas no primeiro trimestre e o chumbo do Tribunal Constitucional aos cortes dos subsídios de férias e Natal aos funcionários públicos e pensionistas para o ano de 2013 não é só previsível como certo que vem aí mais austeridade e com ela mais impostos. A porcaria há muito que foi posta na ventoinha e há muita mais à espera de vez. Com a cagada que este governo tem feito não é de estranhar.



5 comentários:

  1. E porque é que o Zé é que leva sempre com ela??????
    Chiça!!!!!!!!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. E o negócio dos Pandur? 260 viaturas compradas pelo paulinho dos submarinos. 344 milhões de euros, fora as contra partidas pela compensação, pelas vendas de veículos militares. A Frabrequipa era benificiária de 4 programas...O que dirá o ministro da defesa? ou não dirá? 7 milhões recebeu a empresa... STEYR-GD, diz-vos alguma coisa??? Casos polémicos e contra partidas continuam...

    ResponderEliminar
  4. O Paulinho, também me saiu um bom coirão !

    ResponderEliminar
  5. Isto TUDO é MERDA e da muito mal cheirosa!
    Entretanto os palermas que os lá colocam vão à falência e empobrecem!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo