terça-feira, outubro 16, 2012

Vão de burro mas zurrem baixo


Depois de um fim-de-semana  e de protesto contra a Troika e a situação de miséria a que está a condenar os portugueses e de um serão de segunda-feira bem quentinho à porta do Parlamento para renegar o roubo este orçamento  representa finalmente volto a casa e me sento em frente do computador. Posso agora dizer aqui que estes políticos que têm passado pelo poder não têm a mínima ideia daquilo que sentem os cidadãos e que por isso já há muito perderam o direito de falar em seu nome. Quem não tem o discernimento para entender que num momento em que a austeridade está a destruir a vida de milhões de pessoas, quando há gente a passar fome, sair a noticia de que a Assembleia da Republica gastou duzentos mil euros em quatro carros para a liderança parlamentar do PS é algo que choca e ofende as pessoas. Mas, vir alguém que já foi liderou essa bancada, mostrando-se muito indignado e perguntar se queríamos que o lider parlamentar do PS andasse de Clio é inimaginável. É não entender o sofrimento, é não entender o desespero, é não entender a raiva que cresce contra os políticos profissionais da treta, é não compreender todo um povo. Nós não queremos que ele vá de Clio, nós queremos que ele vá a pé, de transportes públicos (talvez ai aprendesse alguma coisa e entendesse o que sentem as pessoas), de carroça ou a cavalo num burro, Queríamos que ele andasse como quisesse se fosse pago por ele. Se quer ir de carro, compre um que ganha o suficiente para isso e para pagar a gasolina, o imposto automóvel, as revisões e as inspecções e os parquímetros e as portagens e tudo o resto. Queríamos que ele fosse um cidadão e não alguém que se considera valer mais que os outros. Queríamos que ele fosse gente como nós e que por isso pudesse representar-nos. Assim, só representa uma classe de parasitas que vivem à custa do sofrimento daqueles que deviam representar. Assim não passam de uma praga que temos de correr do poder.


13 comentários:

  1. Muda de vida,se ,não estás satisfeito..muda de vida...

    ResponderEliminar
  2. Realmente !
    O mudar de vida, é não ter de pagar nada para além do vencimento; à "chulice" nacional.
    Então, os cidadãos deste país tê de pagar carros de alta cilindrada aos chulos, quando eu ando a fazer contas para comprar pão cá para a casa ?

    O que eu mudava sei eu...mas não digo !
    Este país, está cheio de podridão e há muito esterco a garantir a sua existência, como por exemplo as arrastadeiras a 3 000 Euros e mais.

    ResponderEliminar
  3. Pois é por estas e por outras (Anonimo das 12-48)que chegámos à situação em q estamos!
    A austeridade não é igual p todos.Os médicos, de mil e tal euros passam a ganhar 2.700,um aumento brutal de 1.000 euros(só por 5 horas de trabalho),outros ganham 300.000 ao ano(ás escondidas),outros gastam em automoveis....estamos é a ser enganados por esses meliantes,porque se a crise fosse mesmo real,nada disto acontecia!

    ResponderEliminar
  4. Esses dois a andar de burro ficam melhor que a andar de CLIO.

    ResponderEliminar
  5. O sistema está podre e acabado,nitreira com eles,já.

    Oh Kaos,nesta bosteira só tu me alegras.

    Um abraço,
    mário

    ResponderEliminar
  6. Morte a estes filhos da puta todos...TRAIDORES À PÁTRIA E AO POVO PORTUGUÊS.

    ResponderEliminar
  7. AO QUE ISTO CHEGOU:

    http://www.tsf.pt/PaginaInicial/Vida/Interior.aspx?content_id=2833150

    SERÁ QUE O DIRECTOR DA ESCOLA É ECONOMISTA E É DE BOLIQUEIME? SENÃO É LÁ QUE FICA PERTO FICA

    ResponderEliminar
  8. PÓDJI VOLTAR SCOLARI QUI NO FUTXIBÓL NUM HÁ CRISE NÃUM E ASSIM TU ÁJUDA PÓRTUGÁU NÚ NIGÓCIU DI IXPURTÁÇÃU I IXPORTA DIVISA PRÓ BRÁSIU! O CÁRA JÁ SE VEIO FAZER AO PISO E FEZ CUÉSTÃO QUI QUÉRIA UMA BOA GRANA

    ResponderEliminar
  9. mais um chulo brasuca que vem cá mamar. a propósito como o futebol é profissão será que o gajo já tem alguma pensão de quando cá esteve? também recebe da S.S.???

    pergunta: figo jogador de bola (uma vida de desporto) e dizem que o desporto dá saúde (e é verdade), mas como jogador tem uma profissão de desgaste rápido (até o ano passado os seguros entravam pro IRS)reformou-se cedo e chei de saude como tinha um bruto ordenado deve ter uma bruta reforma por muitos e longos anos! Moral trabalhou pouco tempo reformou-se com saude e com uma bela reforma PARA EQUILIBRAR A BALANÇA há profissões que se dá ao cabedal trabalha-se até aos 65 (na frança de 62 passou para 60 cá querem passar para 67) e as reformas são uma miséria isto quando um gajo não morre a trabalhar porque caiu da obra ou levou com o andaime ou um pedregulho na testa ou ficou cheio de artroses de trabalhar sempre em congelados ou costas maradas de pesos, etc etc etc

    PORQUE CARALHO NÃO HÁ UM TECTO MAXIMO DE REFORMA COMO NA SUIÇA SUÉCIA (Ah somos um país do sul temos boas praias e eles não)

    ResponderEliminar
  10. MAS AFINAL QUEM ZURRA É O BURRO OU ZURRINHO???


    VENDAM O BURRO NO OLX E DOEM O DINHEIRO PARA AS REFORMAS DO CAVACO

    ResponderEliminar
  11. COM MUNIÇÕES CRAVO E PR's CIVIS FICOU O PAÍS NESTE ESTADO!

    ResponderEliminar
  12. Soltaram os malucos no Brasil e a Dilma despachou-os para cá !

    ResponderEliminar
  13. Tenho efetivamente um Clio e se querem que vos diga, vale, para mim, mais do que vinte BMW's ou cinquenta AUDIs. O povo já tá farto deste bando de tontos, que ainda não descobriram a solução para esta CRISE hipócrita e a "austeridade" malvada...

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo