quarta-feira, novembro 21, 2012

A canção dos gatunos


A direcção do PSD voltou esta noite a apelar a António José Seguro que participe no debate sobre a redefinição das funções do Estado, argumentando que o PS tem "responsabilidades especiais" e a "obrigação" de entrar nessa discussão. "Existe a obrigação de todos de participarem no debate estrutural do Estado por razões de qualidade dos serviços e também por razões orçamentais", disse Moreira da Silva, lembrando que a maioria quer concluir essa redefinição "do ponto de vista conceptual das funções do Esrtado" até Fevereiro. Num reiterado apelo ao secretário-geral socialista, António José Seguro, o vice-presidente do PSD repetiu: "O PS não pode deixar de estar presente". O Governo quer cortar até 2014 quatro mil milhões de euros em despesa.
Moreira da Silva desafiou ainda os socialistas "a clarificarem" a sua posição sobre a despesa pública. " Ou assumem que querem reduzir a despesa para evitar aumentar impostos, como nós queremos, ou decidem que não se deve reduzir despesa mas têm que assumir que querem aumento de impostos",

Esta gente é mesmo reles. Primeiro sobem os Impostos a um nível que se torna insuportável para os cidadãos e para a própria economia do país, destruindo empregos e empresas e agora vêm matar o estado social com a ameaça de ou isso ou mais impostos. Esta "refundação do Estado Social" que querem ter pronta até Fevereiro vai ser mais um ataque à dignidade e a condenação à mais profunda miséria e até à morte de milhares de cidadãos. É por o saberem e também porque para muitas das mudanças que desejam fazer necessitarem de alterar a Constituição que esta cambada de gatunos vem pedir batatinhas ao PS. Assustador é saber que este PS não é de confiança e, em troca de alguns favores ainda lhes faz o favor. Se o país já está mal, se as pessoas já passam por enormes dificuldades imagine-se o desespero quando as reformas forem cortadas, o Serviço Nacional de Saúde e a Escola Pública destruídos e os apoios sociais cancelados. Claro que tudo isto não será feito de uma vez só, mas vai ser colocada a primeira tábua no caixão onde nos pretendem enterrar. Ou se calhar nem isso porque, para está escória da sociedade que assaltou o poder, uma vala comum serve-nos muito bem.
Está na hora de dizermos definitivamente não, de correr com a bandidagem e construir uma sociedade mais justa, mais assente numa verdadeira democracia participativa, na liberdade de escolhermos o nosso próprio caminho e na dignidade de todo os ser humano. Não pode ficar para amanhã tem de começar já hoje e todos, mas mesmo todos, têm de sair para a rua impondo a mudança. 

13 comentários:

  1. "Está na hora de dizermos definitivamente não, de correr com a bandidagem e construir uma sociedade mais justa, mais assente numa verdadeira democracia participativa, na liberdade de escolhermos o nosso próprio caminho e na dignidade de todo os ser humano".
    Pois isto é tudo muito porreiro de dizer mas quem é que pra lá vai? Nomes...please! Mais do mesmo travestidos de figuras angelicais? E já agora convinha indicar qual é esse país modelar pelo qual nos deviamos copiar para construirmos essa sociedade! Deve ser algum paraíso fiscal...

    ResponderEliminar
  2. Mas porque raio havemos de ter iluminados no poder e não havenos de nomear gente como nós simplesmente para executar o que decidimos? E porque temos de copiar seja o que for e não havemos de procurar soluções? Quando assumimos as nossas responsabilidades e o nosso futuro?

    ResponderEliminar
  3. Ó Kaos: assumiremos as nossas responsabilidades quando se meter na cabeça das pessoas deste pobre e atrasado país que devem preocupar-se com o que é de todos! Viver em democracia não é só votar de 4 em 4 anos. Quem se preocupa em ir às assembleias de câmara e às reuniões da sua Junta de freguesia? E depois tudo reclama. Marimbam-se quando deveriam intervir e depois não se espantem que apanhem gente que lhes aperte os calos. No fundo a maior parte da população tem os políticos que merece!

    ResponderEliminar
  4. Exatamente.
    De iluminados já estamos fartos. Precisamos é de gente comum para desempenhar as funções que competem ao estado. Pessoas normais que andem com os pés no chão e a cabeça no lugar. Que estejam desprendidas de seitas e de compromissos sabe-se lá com quem.
    Continuo a pensar que isto não é fácil enquanto por aqui andarem certos gajos. Ou correr com eles, nacionalizando-lhe os bens, ou prendê-los. E ao mesmo tempo mandar pá choça alguns donos de gabinetes de advogados que cozinham as leis. As prisões podem ser poucas, mas os gajos aconchegam-se. Juntinhos é que estão bem. Até mesmo ao molhe.

    ResponderEliminar
  5. A lata deste homem...

    http://www.publico.pt/Pol%C3%ADtica/cavaco-portugueses-esqueceram-o-mar-a-agricultura-e-a-industria-1573358

    ResponderEliminar
  6. Realmente é verdade, a maioria dos portugas, está a "cagar" para a democracia, desde que se oriente o mais e melhor possível... o resto é conversa...
    Tenho exemplos bem próximos de mim, para poder afirmar o que digo !

    ResponderEliminar
  7. A coisa tá preta !
    Este, nem aqueceu o lugar...


    Gabinete do Primeiro-Ministro
    Despacho n.º 14880/2012
    1 — Ao abrigo do disposto na alínea a) do artigo 16.º do Decreto -Lei
    n.º 11/2012, de 20 janeiro, aplicável ex vi do artigo 8.º do Decreto -Lei
    n.º 12/2012, de 20 de janeiro, exonero do cargo de motorista do Gabinete
    José Hermínio Frutuoso Basílio, para o qual foi nomeado através do
    meu despacho n.º 7711/2012, de 21 de maio, publicado no Diário da
    República, 2.ª série, n.º 109, de 5 de junho de 2012.
    2 — O presente despacho produz efeitos a 29 de outubro de 2012.
    30 de outubro de 2012. — O Chefe do Gabinete, Francisco Pimentel
    de Mello Ribeiro de Menezes.
    21032012

    ResponderEliminar
  8. Caro anónimo das 13:24
    A coisa não é bem assim. Nas assembleias municipais e nas reuniões das câmaras, as coisas já vão todas cozinhadas. Em 99% dos casos, estes orgãos são geridos pelos partidos políticos já de todos conhecidos. Os assuntos que lá são discutidos, já foram decididos nos secretariados dos partidos. Pouco ou nada há a fazer, a não ser contestar, mas já não adiantando nada. No 1% restante, em que estes órgãos são geridos por grupos de cidadãos independentes, aí sim, a coisa é diferente. Há outra lógica (a da cidadania) a comandar aquilo. Os decisores não estão agarrados ao poder e não dependem de seitas organizadas e podem alterar-se as coisas caso hajam melhores alternativas.

    ResponderEliminar
  9. Vocês não sabem que isto tudo está sob dominio da maçonaria...eles tem elementos em todos os lugares chave,e de decisão...se aparece alguem capaz e com vontade de mudar as coisa das duas uma:ou é recrutado,ou fodem-lhe a vida...as pessoas comuns aqui em poortugal nunca vão ter acesso ao poder.Vejam o q aconteceu ao Sá carneiro...e nos EUA aos Kennedy...a maçonaria manda em poortugal,e nunca sairam de cá!Quem estiver mal que se mude...
    Vocês acham que aparece um pindérico caído de Massamá,e vai mandar nisto tudo?Assim dum momento para o outro,e à sua vontade?Até o Buch estava mexido c cordelinhos a executar a encomenda...e estes de cá é o mesmo....

    ResponderEliminar
  10. Cardápio de Luxo que terá que entrar na Assembleia da República:

    "Perdiz, porco preto alimentado a bolota e lebre são alguns dos produtos exigidos pelo Caderno de Encargos do concurso público para fornecer refeições e explorar as cafetarias do Parlamento. Das exigências para a confecção das ementas de deputados e funcionários constam ainda pratos com bacalhau do Atlântico, pombo torcaz e rola..."
    o café a fornecer deverá ser de 1ª qualidade,quatro opções de whisky de 20 anos e oito de licores. No vinho, são exigidas 12 variedades de Verde e 15 de tintos alentejanos e do Douro."


    E vós povo nojento e mal cheiroso,com as vossas criancinhas ranhosas,burras e limitadas como os país,passem fome ou comam saramagos q é o q merecem, e já estais habituados.



    ResponderEliminar
  11. Neste video, segundo palavras de Daniel Estulin jornalista e escritor de dois best-sellers "A verdadeira história do clube de bilderberg" e "Os senhores das sombras", obras retiradas do mercado em Portugal. Ali explica-se o porquê de se "criar" esta necessidade urgente de pagar as dividas, que todos sabem que são impossíveis de se pagar. Tudo para criar um estado de crise geral premeditado. A ideia alastra-se para instalar pânico e forçar os cidadãos a aceitar sacrifícios em silêncio e a empobrecer pacificamente.

    Provocar instabilidade e medo, levando os países a vender a sua autonomia, obrigar países a depor governos para colocarem no poder, aqueles que representam os interesses dos poderosos do mundo actual e do clube.
    Desta forma as elites mundiais irão definitivamente assegurar que os seus interesses fiquem sempre garantidos mesmo em momentos e assuntos de carência grave.
    A própria União Europeia não representa nem defende interesses de nações independentes, mas interesses das potências económicas mundiais representadas pelos "sócios" do famoso clube Bilderberg.
    São muitas as teorias que apontam para a predominância do poder dos donos do mundo, e os acontecimentos em pouco ou nada contrariam estas teorias.
    No video o autor usa como exemplo a água e a sua escassez no futuro, para mostrar como é importante para os donos do mundo terem os países sob o seu controle.


    http://www.youtube.com/watch?v=L-V2MRrl7Qw

    ResponderEliminar
  12. É PRECISO CORTAR NAS DESPESAS DE SAÚDE EDUCAÇÃO

    AUMENTAR HORAS DE TRABALHO EM DIAS ÚTEIS E TRABALHAR AOS F-D-S E FERIADOS AO MESMO PREÇO DOS DIAS ÚTEIS (ALIAS ACABAR COM OS FERIADOS)

    ACABAR COM REGALIAS SUPÉRFLUAS TAIS COMO SUBSÍDIOS DE ALIMENTAÇÃO FERIAS E NATAL (O NATAL É QUANDO UM HOMEM QUISER AGORA SÓ FALTAVA QUEREREM O NATAL TODOS OS DIAS) - FORMIGA É TUDO DESPESA MORTE ÁS FORMIGAS.

    MAS NÃO ACABEM COM OS DIREITOS BÁSICOS E NECESSIDADES ESSENCIAIS DE VARIAS REFORMAS/CABEÇA DE EX-MINISTROS MINISTROS PR'S DIRIGENTES GOVERNANTES ETC ISENÇÕES Á BANCA ETC - CIGARRAS SÃO UNS BICHOS SIMPÁTICOS FARTAM-SE DE NOS DAR MUSICA E SÃO INDISPENSÁVEIS EM QUALQUER PAÍS BEM GOVERNADO

    PORTUGAL O EXEMPLO Nº 1

    ResponderEliminar
  13. OH Donnie Darko ESSE FILHO DE UMA PUTA MOURA SE FOSSE OU GAJO COM BERLINDES, NEM DIGO TOMATES, HAVIA DE ASSUMIR A GRANDE QUOTA PARTE NESSA MATÉRIA MAS COMO NÃO TEM VERGONHA NENHUMA NAQUELAS TROMBAS E CONTINUA A SER UM DOS MAIORES FOCOS DE DESPESA PUBLICA E CHULOS DA NAÇÃO AINDA VEM CANTAR DE GALO PARA AS TV E COMO O POVINHO CONTINUA A SER ESTÚPIDO COM TODAS AS LETRAS E VOTA NESTES CABRÕES GAJOS COMO ESTES HÃO-DE CONTINUAR A CANTAR DE GALO POR MUITO TEMPO
    NO TEMPO DOS ROMANOS JÁ TINHA SIDO DEGOLADO E A CABEÇA DEITADA AOS LEÕES NUM COLISEU QUALQUER

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo