segunda-feira, novembro 19, 2012

Sem compromisso


Mais uma vez ando sem vontade para escrever e por isso, uma vez mais deixo o significado da imagem à vossa imaginação, sabendo que não acreditam que os dois andem enrolados na cama. Aqui a promiscuidade é certamente outra.

12 comentários:

  1. Meter a cara do Tó-Zé Seguro no corpinho da Natalie é de muito mau gosto...

    ResponderEliminar
  2. Se não gosta, não coma...
    Olha que porra !

    O boneco até está muito bem " esgalhado" Pá !

    Como podes ver OOO assessor, há gostos para tudo e aqui não impera o que tu desejas...

    ResponderEliminar
  3. Que duas putas!

    ResponderEliminar
  4. http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/prisao-por-furtar-6448--em-hipermercado

    ResponderEliminar
  5. Os governantes já perceberam, que é impossível sustentar a divida e os seus juros, mantendo o nível de corrupção generalizado actual, sem caírem na bancarrota.
    Não querem, obviamente, mexer ou cortar nas "vacas sagradas por isso "Não há evidentemente nenhumas reformas estruturais "...nas PPP, nas fundações, na ADSE, nas offshores, nos benefícios fiscais, nas associações, nas despesas do governo, nos salários de luxo escondidos , nos boys... etc etc."
    Opta por cortar nos indefesos, na educação, na saúde, na SS, etc... Por cobardia, por comodismo e para garantir as fontes de rendimento da classe rica de Portugal - seus amigos família e associados.
    Por essa razão se tem notado que Vitor Gaspar insiste em cortar mais do que o exigido pela Troika, porque não quer cortar onde lhe manda a Troika - "Nas vacas sagradas".
    Assim, para compensar, terá de cortar mais no estado social e nos trabalhadores.
    O resultado está à vista, as medidas estão a arrasar por completo a economia portuguesa e a lançar para a miséria milhões de portugueses, tudo para proteger parasitas.
    Assistimos a uma queda brutal do PIB, e como já foi comprovado na Grécia, o estado vai arrecadar menos dinheiro ainda do que nos anos passados.
    Estas medidas vão ainda impulsionar o mercado paralelo e consequentes fugas fiscais.
    Os portugueses têm que se mentalizar que a partir de agora não há nenhuma porta de saída, e que estão obviamente perdidos.
    Nunca esse programa orçamental vai cumprir o seu prazo. Assim muito rapidamente em menos de um ano o governo vai impor mais medidas de austeridade, para os de sempre.

    E este pussy do seguro não vai alterar nada para alem disto,ele até já mudou a convicção de apostar no crescimento e já diz q austeridade c ele, é só se for preciso...mas no estado em q o país está, ainda há alguem que acredite q vai haver crescimento ou receita sem ser roubar o povo?!?

    ResponderEliminar
  6. Alberto Lemos19/11/12 19:24

    Eh pá, mas porque é que não páras de escrever? Tás sempre a ameaçar. Acho que se parasses a blogoesfera ficava mais limpa...

    ResponderEliminar
  7. Ó Alberto Lemos, então e depois ias comentar onde? Nos blogs dos teus amigos? E deixas lá comentários destes? A blogoesfera fica mais limpa mas é sem ti. Não queres, não venhas cá...

    ResponderEliminar
  8. Têm razão... (Os dois)

    Mas , que o das 19:19 é um "xato" do caraças, lá isso é...!
    Até parece o Gaspar...

    ResponderEliminar
  9. Eu sou o anónimo do primeiro comentário:

    Já não se pode brincar?

    E já agora, comia comia, mas a Natalie!

    ResponderEliminar
  10. Aos Anónimos das 22:56 e 05:28;Sois uma cambada de pidecos frustrados...

    ResponderEliminar
  11. Quanto á ADSE vai levar na peida ó fasciozito de merda.Eu pago para a ADSE todos os meses cerca de 11% do meu vencimento.Vai mas é laber os colhões ao gaspar ó merdoso!!
    E quando quro um dentista ou um médico tenho direiro a merda.

    ResponderEliminar
  12. E QUANDO QUERES UNS OCULOS DE SOL TB TENS DIREITO A CONSULTA DE OFTALMOLOGIA E A RECEITA DE UNS OCULOS QQ!JÁ AGORA TB DEVES SER DAQUELES QUE TEM DIREITO A AGUA DA CAMARA MAIS BARATA QUE OS OUTROS PORTUGUESES,OU GASOLEO OU UNS MEDICAMENTOS Á BORLA OU UM PORTATIL...ETC

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo