quinta-feira, janeiro 17, 2013

Mais uma ano de miséria para os Silvas


"Eu descontei, quase quarenta anos, uma parte do meu salário para a Caixa Geral de Aposentações como professor universitário. E também descontei alguns anos como investigador da fundação Calouste Gulbenkian, e devo receber 1300 euros por mês. Não sei se ouviu bem: 1300 euros por mês. Quanto ao fundo de pensões do Banco de Portugal, para o qual eu descontei durante quase trinta anos parte do meu salário, eu ainda não sei quanto é que irei receber, mas os senhores não terão dificuldade".
Em Janeiro de 2011, Belém confirmou que o Presidente da República decidiu prescindir do salário de 6523,93 euros, optando por receber pensões no valor de 10042 euros mensais. No entanto, "tudo somado, o que irei receber do Fundo de Pensões do Banco de Portugal e da Caixa Geral de Aposentações, quase de certeza, não vai chegar para pagar as minhas despesas, porque como sabe eu também não recebo vencimento como Presidente da República."
                                                                                                                   20 Janeiro de 2012

Faz agora um ano que o Sr.Silva fez estas lindas afirmações por as pensões irem ser cortadas no Orçamento de 2012, que não enviou para o Tribunal Constitucional, o mesmo que acabou por declarar inconstitucionalidades em alguns pontos quando questionado por alguns deputados. Este ano promulgou uma vez mais um Orçamento bem mais violento que o anterior mas acabou por pedir a verificação de dois pontos sendo um deles os cortes nas pensões mais elevadas, como a dele. Compreende-se as dificuldades são muitas e pelos vistos também as despesas. Os 14 milhões que o Palácio de Belém recebe ( o dobro da família Real Espanhola) para o seu funcionamento são só umas migalhas para ajudar o pobre homem. Nem quero imaginar como sobreviverá quando tiver de ir viver para a sua Casa na Quinta da Coelha só com a sua magra pensão. Terá certamente de recorrer às suas poupanças mas tenho a certeza que os seus amigos, como o Dias Loureiro, Duarte Lima, Oliveira e Costa e muitos outros não deixarão de o ajudar.


7 comentários:

  1. Estamos entregues à bicharada...

    ResponderEliminar
  2. os anos que a múmia descontou não devia já de estar morta?
    ou o trabalho afinal não era muito para poder estar em tanto emprego ao mesmo tempo

    vá para o hospital da luz fazer companhia ao boxexas e vão os 2 co caralho

    ResponderEliminar
  3. http://famosasdespidas.com/rita-mendes-na-playboy.html

    e a rita pereira que vá levar no cú!!!

    ResponderEliminar
  4. Há gajos com muita lata !

    Este é um deles..,mas há muitos mais !

    ResponderEliminar
  5. O "rapaz" é de Boliqueime, concelho de Loulé.
    No Algarve há um ditado antigo segundo o qual, em Loulé, só quem é de São Clemente é que é suposto ser inteligente.

    ResponderEliminar
  6. de burro não tem nada BURROS SÃO OS QUE VOTARAM NELE E NA FAMOSA OPOSIÇÃO E DEPOIS NELE OUTRA VEZ.....

    HÁ UM DITADO QUE DIZ:
    VIVE Á CONTA DOS PAIS ATÉ VIVER Á CONTA DOS FILHOS
    AINDA DEVE TER ALGUM SUBSIDIO POR O PAI TER VENDIDO COMBUSTÍVEL DA GALP

    ResponderEliminar
  7. "sendo um deles os cortes nas pensões mais elevadas, como a dele. "

    LOL Só mesmo rindo para não chorar.

    Se todos os portugueses vivessem com as mesmas dificuldades que este senhor, o número de suicidios aumentaria BRUTALMENTE! Enfim...

    Saudações alienígenas

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo