sábado, março 30, 2013

A Terra prometida...mas só para alguns


Os serviços de consultoria de António Borges, prestados entre Fevereiro de 2012 e Fevereiro de 2013, custaram à Parpública 300 mil euros, adicionados de IVA e despesas “indispensáveis para a concretização do trabalho e previamente autorizadas”. O contrato que prevê o pagamento de 25 mil euros por mês, contrato esse que foi renovado por mais um ano. O mesmo António Borges que defendeu recentemente que “o ideal era que os salários descessem como aconteceu noutros países como solução imediata para resolver o problema do desemprego".

Sei que a noticia já tem 3 ou 4 dias mas não podia deixar de a referir aqui.  É que a mesma crise está a destruir a vida de milhões de portugueses está a ser a terra prometida para um grupo de aldrabões e ladrões que dela se aproveitam e com ela engordam. Gente que não mostra o mínimo de consideração pelas pessoas mas que se alimenta dos sacrifícios que impõem aos outros. Autênticos abutres que têm a lata de propor a redução de salários de quem já recebe os mais baixos da Europa mas que para si exige pagamentos milionários. Gente sem préstimo e sem moral. Gente que me enjoa, gente que merecia ser corrida a pontapé deste país só com a roupa que tem no corpo. Ele e o Passos Coelho, o Vitor Gaspar por o contratarem e a múmia de Belém por continuar a olhar para o lado e a permitir tudo isto. Tudo farinha do mesmo saco e tudo de muito má qualidade. Atire-se para o lixo que nem para os porcos serve.

3 comentários:

  1. Nesta "democracia" de trampa aplicam aos outros o que não querem para eles! AUSTERIDADE/ESCRAVATURA!
    Depois do que Kaos já disse e tem-no feito muitas vezes o que haverá mais que tenha ficado esquecido!
    NADA! ESTA GENTE NÃO PRESTA! ENQUANTO NÃO NOS ROUBAR TUDO NÃO DESCANSA! MALDITA SEJA!

    ResponderEliminar
  2. ATENÇÃO UM PAÍS A SAQUE

    http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=624205

    ResponderEliminar
  3. Anónimo1/4/13 14:48

    Nunca mais morre, o cabrão!!!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo