terça-feira, maio 14, 2013

A Morte


Só para lembrar que médicos, enfermeiros, bombeiros, polícias, professores, assistentes sociais, empregados em serviços públicos, empregados de limpeza, etc., etc, são funcionários públicos. É essa gente que vai para o desemprego, é essa gente que vai ser atirada para a miséria e nós vamos continuar a pagar e a deixar de usufruir dos seus serviços. Não é connosco e vamos ficar calados e deixar, mas depois não se lamentem quando um dia necessitarem de um bombeiro, de um médico, de um polícia ou de um outro qualquer serviço e lhes disserem que não é possível porque não há quem o possa prestar. 
O ataque a quem trabalha para o estado é um ataque contra todos nós porque, para além de ainda destruir mais a economia do país, nos retira o direito de usufruirmos dos seus serviços. Mas, mesmo que não fosse, devia bastar a solidariedade e a decência para nos fazer protestar e impedir mais este crime.

3 comentários:

  1. funcionarios publicos uns 100 chegavam 50 para s bento e outros 35 para a mumia de belém

    14 - policias para o buxexas
    1 - motorista para o buxexas

    ResponderEliminar
  2. Não há dúvida que estas MORTES esquizofrénicas sedentas de vingança pretendem acabar com os funcionários públicos no activo e aposentados!
    Podiam também, já e agora, acabar de uma vez com todo o País entregando-o aos fornos crematórios da Alemanha e deviam ser eles a lançar o gás mortal para ficarem na história como os primeiros filhos da p... a exterminar uma população inteira sem restar nada, assim não teriam necessidade de tanta preocupação!
    Não se deviam esquecer que os primeiros a entrar nos fornos seriam os "políticos" e todos os "acólitos" que rebentaram com esta merda toda!

    ResponderEliminar
  3. http://pt.shvoong.com/humanities/history/2372948-boadicéia-rainha-enfurecida/

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo