quarta-feira, setembro 18, 2013

Um apelo pela solidariedade, justiça e defesa dos direitos constitucionais


Hoje vou utilizar um boneco que já tinha publicado anteriormente porque recebi o pedido para divulgar um apelo de justiça e solidariedade e este boneco do boneco que está em Belém pareceu-me apropriado. Por favor leiam e se puderem ajudem comparecendo em Belém na quarta-feira pelas 12 horas. Eu, sendo dos felizardos que ainda tenho um emprego, não vou poder estar presente mas quem puder apoie este homem e ajude-se a si mesmo obrigando a respeitar e cumprir a Constituição que quem tem por  juramento público a obrigação de fazer não faz. Todos temos deveres mas também todos temos direitos e é um dever de cada um de nós defender esses direitos. Aqui fica o apelo. Por favor leiam e se puderem ajudem.

«Desempregado vai pedir audiência a Cavaco Silva para lhe declarar que não vai pagar impostos

Nota de imprensa
Ao meio-dia desta quarta feira, Nelson Arraiolos irá a Belém com o intuito de pedir uma audiência a Cavaco Silva. O Nelson está desempregado, carece de apoio adequado para a doença degenerativa de que padece e a sua família foi alvo de penhoras ilegais por parte das Finanças que visavam dívidas do próprio. Uma vez que não dispõe de qualquer rendimento, irá anunciar a cessação de pagamento de qualquer imposto.
Assim, agradece-se a todos as senhoras e senhores jornalistas, órgãos de comunicação e cidadãos em geral a divulgação e apoio a este acto de resistência involuntária.

Nelson Arraiolos - 926880152»
Pergunto: até quando?
A Constituição da República Portuguesa defende o direito ao trabalho, à segurança social e à solidariedade. Diz que «O sistema de segurança social protege os cidadãos na doença, velhice, invalidez, viuvez e orfandade, bem como no desemprego e em todas as outras situações de falta ou diminuição de meios de subsistência ou de capacidade para o trabalho.» (Artigo 63.º da CRP). Diz que protege o Nelson.
O Nelson sabe que não se está a respeitar a Constituição, e não se rende. Nem que esteja sozinho contra o sistema. O Nelson, ao contrário do governo, faz jus à Constituição. O Nelson apela ao Artigo 21.º e resiste. E pede que estejamos com ele na 4ª Feira, ao meio-dia, em Belém.

5 comentários:

  1. Esta imagem do king-kong está demais!

    Como "colaboracionista" é o maior, como patriota jamais!...

    Faço votos para que muitos se juntem a apoiar este cidadão Nelson Arraiolos neste momento difícil.




    ResponderEliminar
  2. Anónino 9918/9/13 18:10


    Não sei qual foi o resultado do apelo do Nelson. Tem a minha solidariedade, estou muito longe de Lisboa não poderia estar lá com ele. É um homem de coragem!
    Em relação ao bonequinho, Oliver Cromwell-Lord Protector do Proctetorado em todo o seu esplendor!
    Por acaso, lembram-se do que aconteceu ao Oliver? E mais não digo.....

    ResponderEliminar
  3. EUROPA ASSINALA "DIA DA COOPERAÇÃO" A 21 DE SETEMBRO

    Vamos todos cooperar e ajudar a alemanha tadinhos

    ResponderEliminar
  4. ele e o nelson estão no mesmo barco um não quer pagar porque não trabalha.
    o outro como não recebe ordenado tambem não quer pagar pegando no confucio metem-se os 2 num barco e ensina-se-lhes a pescar aproveita-se a deixa e manda-se o algarvio ao mar

    ResponderEliminar
  5. Se te deparares com uma serpente e este algarvio elimina antes o algarvio!

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo