terça-feira, outubro 22, 2013

Triste "manifestação" estas do Paulo Portas


O vice-primeiro-ministro, Paulo Portas, disse hoje que o "direito de manifestação" está "consagrado" em democracia, mas lembrou que "os mais pobres" não se manifestam e "não aparecem na televisão". "Este orçamento consagra aquilo que já estava previsto na 7.ª avaliação, que é a convergência da Caixa Geral de Aposentações, mas ao mesmo tempo, aumenta as pensões mínimas sociais e rurais de um milhão de pessoas, que são aquelas que não aparecem na televisão, mas são as mais pobres", sublinhou.

Alem de palhaço este bandalho é também um aldrabão e um mentiroso de primeira. Palhaço porque dizer que quem se manifesta não é pobre é uma hipocrisia tremenda. Claro que muitos mesmo que se quisessem manifestar não poderiam pois nem dinheiro para os transportes têm. Depois é um mentiroso e um trafulha quando vem dizer que aumenta pensões quando se sabe que até quem ganha 600 euros vai ver os seus ordenados e pensões reduzidos. Já quando da conferencia após a avaliação da Troika escondeu as medidas fazendo-se de herói que as tinha impedido para poucos dias depois o Orçamento lhe mostrar a careca e a aldrabice. Esta gente não tem vergonha nenhuma na cara e um sistema que permite aos governantes mentirem desta maneira é tudo menos uma democracia. Exijamos uma Democracia verdadeira em que os cidadãos tenham o poder para exonerar quem não cumpra e quem mente ser imediatamente corrido. Não é de corruptos e trafulhas que necessitamos, mas de gente honrada, honesta e séria. Rua com esta cambada toda e se for a pontapé ainda melhor.

4 comentários:

  1. Esta canalha
    ultrapassa a imaginação
    de qualquer criativo

    ResponderEliminar
  2. Este cobarde mete nojo ...............grande aldrabão ..........

    ResponderEliminar
  3. Esse canalha faz o que quer
    e não há aí valente que vá aos cornos .

    ResponderEliminar
  4. este pulha está a sair do armário, cada vez revela mais aquilo que é na realidade ,Um monte de Merda

    ResponderEliminar

Ocorreu um erro neste dispositivo